Imagem de fundo do header
Software transforma o iPhone em controle remoto para apresentações
Home  >  Review
REVIEW

Software transforma o iPhone em controle remoto para apresentações

Pointer Remote permite controlar slides do PowerPoint ou Keynote com o movimento do aparelho

Macworld/EUA

pointer150.jpg
Foto:

A App Store, loja de aplicativos da Apple, traz vários softwares para iPhone que permitem controlar apresentações no Keynote ou no PowerPoint, como o Pointer Remote, avaliado por Macworld.

Esta aplicação de US$ 2 da Zentropy Software tem uma interface simples, mas inclui muitos recursos. Dentre eles está o que simula um laser point (dispositivo com laser utilizado em apresentações) controlado pelos movimentos do iPhone. Embora as especificações do software apontem apenas iWork ’06 ou iWork ’08, não tivemos problemas em usá-lo no iWork ’09 e nem no PowerPoint (2004 e 2008).

>Acompanhe a Macworld Brasil no Twitter

Assim como outros programas de controle de apresentações, o Pointer Remote requer um segundo programa gratuito (PointerServer) que roda no Mac (apenas com OS X 10.5). O painel de preferências do PointerServer permite não apenas que você personalize o ícone do cursor, como também em qual tela ele irá aparecer (caso você utilize duas telas separadas).

Também é possível ver os slides da apresentação  diretamente no iPhone, além de alterar as cores dos boxes na tela. Ao rodar o PointerServer no seu Mac, inicie o software de apresentação e comece os slides. No iPhone, abra o Pointer Remote, e você verá seu Mac numa lista; selecione-o para conectar com o iPhone.

Depois de conectado, surge a interface do Pointer Remote. Aparecerão dois grandes botões Previous e Next. Entre eles estão as opções Pointer/Cursor e Box/Oval. Na parte superior da tela estão os botões More e i, para mais configurações.

pointer300

Pointer Remote: basta mover o iPhone para comandar a apresentação

Você precisa apertar o botão i para informar ao Pointer Remote qual apresentação está sendo controlada: PowerPoint ou Keynote. Nas configurações do cursor, você escolhe como ele é controlado (pela tela ou por movimentos), sua sensibilidade e qual ícone usar no ponteiro (é possível adotar um ícone personalizado, definido no PointerServer). Finalmente, o usuário pode habilitar o scroll (rolar) das suas notas, definir o tamanho da fonte e adicionar um som de clique aos botões, se desejar.

Definidas todas as configurações, clique no botão More para ver um pequeno painel, usado para iniciar e parar a apresentação no seu Mac. Ao utilizar o Keynote, todos os recursos funcionaram em nossos testes como descritos. Mas, no PowerPoint 2008, a função para ir diretamente a um slide não funcionou corretamente.

Durante a apresentação, um cronômetro aparecerá; ele mostra quanto tempo você gasta na apresentação. As notas de slides ficarão sobrepostas à imagem, e podem ser arrastadas pela tela do iPhone. Você precisará habilitar a função nas preferências do Pointer Remote – recomendável apenas se houver muitas notas.

A qualquer momento na apresentação, tocando na tela do iPhone, surgirá a tela de destaques. No modo padrão, o usuário controla os movimentos usando o acelerômetro do telefone – incline para cima/baixo e para esquerda/direita para mover o cursor na tela. Com um pouco de prática, os movimentos ficarão surpreendentemente naturais. Se você não se adaptar a esse método, escolha o modo de controle com o uso dos dedos, nas preferências do programa.

Ainda nessa área, você pode desenhar caixas e círculos sobrepostos na sua apresentação, usando os recursos de multitouch, com os dois dedos. É possível mudar o tamanho dos objetos, se desejar, e arrastá-los facilmente. Para ver como isso funciona, clique no vídeo que fizemos sobre a função.

Temos poucas queixas sobre o Pointer Remote, especialmente pelo preço de US$ 2. Ao usar o Keynote, em um certo momento, os slides começaram a avançar automaticamente. Mas um rápido clique no botão Previous resolveu o problema. Outra coisa: a imagem de visualização para os slides do Keynote são um pouco pequenas (nas versões do PowerPoint são maiores). Para completar, não há modo de paisagem. A interface do Pointer Remote pode não ganhar no design, mas tem boa funcionalidade e supera as expectativas.

O aplicativo é compatível com iPhone ou iPod touch, com sistema operacional 2.x.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site