Imagem de fundo do header
Spore Origins leva vida virtual para o iPod
Home  >  Review
REVIEW

Spore Origins leva vida virtual para o iPod

Versão portátil do game da EA traz o início do game para Mac, e você controla os estágios iniciais da evolução da criatura.

Peter Cohen, Macworld/EUA

sporeorigins-72.jpg
Foto:

Spore é a nova franquia de Will Wright, criador de SimCity, e a EA, distribuidora do game, aproveita a idéia: além de versões para Mac e PC, uma para iPod - Spore Origins - saiu antes de todas. E tem uma versão para iPhone também. Mas será que o iPod está pronto para o desafio da vida em evolução? Surpreendentemente, a resposta é sim.

>>>Veja as telas de Spore para Mac

Spore Origins leva toda a primeira parte do game completo para o iPod. Nele, você controla uma criatura microscópica que nada em uma poça primordial. A Click Wheel permite controlar os movimentos da criatura - para cima, para baixo, esquerda e direita - enquanto ela busca por comida (basicamente criaturas menores que ela mesma). Seu Spore pode ainda se ligar aos "symbiotes", pequenas bolhas de energia que dão habilidades especiais ao seu personagem, como velocidade extra, veneno para se proteger dos predadores e por aí vai. É bem básico: coma ou vire refeição.

Existem três modos de jogo separados. O maior e mais divertido é o Evolution, onde você tem a missão de criar um Spore maior e melhor. Entre cada um dos três níveis de caça aos alimentos e symbiotes (além de fugir dos grandões), você pode ajustar seu Spore, determinando como ele vai se mover, que tipo de capacidades de ataque e defesa ele tem e como se parece. Isso inclui acesso ocasional a "super partes", como uma isca que atrai comida até você, uma concha para te tornar invulnerável, um membro que dá choques em outras criaturas e até um jato de ar pra fugir de todos. Como dá para imaginar, as super partes funcionam por um curto período de tempo.

spore-ipod-interna
A cada passo evolucionário, seu Spore fica cada vez maior. Em poucos níveis, você encontra criaturas que até então eram seus predadores e agora são suas presas, conforme cresce lentamente e muda seu habitat da poça de lama para águas mais profundas e mais.

Há ainda um modo Aquarium, que é quase um descanso de tela. Usando as músicas da biblioteca do iPod, as criaturas do aquário evoluem ao seu próprio passo. E você pode mudar a música para evoluir a criatura no aquário selecionado.

Embora jogar qualquer coisa no iPod seja uma experiência solitária, não existe nenhum modo de gerenciar um game multiplayer no dispositivo, mas o Spore Origins permite compartilhar projetos de criaturas online. Conforme você evolui o Spore no modo de evolução, pode trocar os projetos com outros jogadores e combater esses bichos no modo Arena. Isso requer uma conta online no site do Spore e importar e exportar manualmente os projetos (usando "códigos de DNA" que determinam como a criatura foi feita). Aqui não existe real interatividade, exceto pelo controle de câmera - as criaturas lutam automaticamente. Mas pode ser divertido vê-las brigar.

A versão de iPod do Spore Origins é compatível com iPod nano de terceira geração, iPods de quinta geração e o iPod Classic. A pequena tela do iPod é um ponto contra a jogabilidade, mas o uso da Click Wheel é um grande avanço para este jogo. Em um iPod de quinta geração de 30 GB, o game rodou bem enquanto havia um número justo de criaturas na tela - depois que aumentou, a taxa de atualização da tela despencou. E o mais legal é que Spore Origins (à venda na iTunes Store) custa apenas 5 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site