Imagem de fundo do header
Testamos o novo iPod nano com câmera
Home  >  Review
REVIEW

Testamos o novo iPod nano com câmera

O popular tocador de áudio chega a sua quinta geração com rádio FM, pedômetro, tela maior e uma filmadora bem básica; saiba como ele se saiu em nossos testes

Macworld/EUA

ipod_nano_150.jpg
Foto:

A quinta geração do iPod nano ganhou características que
prometem impulsionar a venda do famoso tocador de áudio da
Apple. O lançamento ocorreu no dia 9/9 juntamente com a atualização de
toda a linha de iPods.

Dois novos recursos adicionados no iPod nano 5G tornam o dispositivo
mais divertido e funcional. Entre as novas características estão uma
câmera de vídeo e um microfone embutidos, rádio FM com gravação, tela
maior, alto-falantes e um
pedômetro para acompanhar seus passos. O nano 5G de 8 GB custa 149
dólares e o de 16 GB sai por 179 dólares (no Brasil, a data de lançamento e o preço ainda não foram divulgados). Eles estão disponíveis em nove
cores diferentes.

Por fora

As dimensões do iPod nano 5G são as mesmas do modelo anterior, mas
se você colocar os dois aparelhos lado a lado (imagem abaixo) vai perceber que algo foi
mudado. A tela do novo nano agora é em TFT (Thin Film Transistor), e
não mais em LCD, como nas versões anteriores. Ela tem 2,2 polegadas, ou
seja, 0,2 polegada maior que seu antecessor. Embora pareça uma pequena
diferença, a Apple conseguiu inserir duas novas opções na lista de
menus do iPod. Para acomodar a tela maior, o controle circular diminuiu e ficou posicionado mais abaixo.

A diferença principal da quinta para a quarta geração do iPod nano é a
inclusão de uma câmera de vídeo e um microfone na parte traseira do
tocador. As portas do conector de fone de ouvido estão na parte
inferior, à esquerda da entrada para a conexão.

nanoside_original.jpg

Medidas são as mesmas, mas a tela do iPod nano 5G ficou 0,2 polegada maior

Agora, ao pressionar o botão Play para iniciar a
reprodução de músicas, elas podem ser ouvidas não só pelo fone de ouvido ou pelo um alto-falante interno. A
qualidade do áudio é semelhante à do iPod touch.

Câmera de vídeo

O modo de gravação é ativado quando o usuário acessa o menu Câmera
de vídeo e pressiona o botão central. A tela do iPod começa a exibir
as imagens da câmera automaticamente. Ao contrário da maioria das
filmadoras existentes no mercado, o iPod nano não emite nenhum sinal
sonoro ou visual (como uma luz vermelha) para indicar que a gravação
está em andamento, o que poder a criação de alguns vídeos indesejados.

A Apple inseriu 15 efeitos de vídeo, semelhantes aos usados em
fotografias digitais, para serem utilizados nas gravações. Pressionando
o botão central por alguns segundos, o iPod vai mostrar uma lista de
efeitos diferentes, como sépia, caleidoscópio e espelho. Todos eles são permanentes, ou seja, se a gravação for
feita com algum desses efeitos ativados, o vídeo não poderá ser
assistido no modo normal.

142753-ipodnano5gback_original.jpg

A câmera de vídeo grava filmes na resolução 640 por 480 pixels em até 30 fps

Ao pressionar o botão central novamente, a gravação é interrompida e
o vídeo é salvo no rolo da câmera. A organização dos vídeos é feita por
data. Para apagar qualquer um deles, basta pressionar e segurar o botão
central para escolher entre as opções Apagar tudo, Apagar e Cancelar.

Quando o iPod nano 5G é conectado a um Mac, o iPhoto é aberto por
padrão e pede a importação dos vídeos. As gravações são feitas na
resolução 640 por 480 pixels usando o codec H.264.

O intuito da Apple em colocar as câmeras de vídeo no iPod está mais para a diversão dos usuários do que para permitir gravações com qualidade alta, como a de câmeras profissionais. Por conta disso, ele chega para brigar com câmeras voltadas para a publicação de vídeos na internet, como a Flip.  Comparamos um vídeo gravado com o iPod nano 5G e outro capturado com uma filmadora portátil (Flip Ultra). O resultado, em ambiente interno, é que a imagem do player da Apple apresenta qualidade inferior, com cenas mais escuras e mais azuladas.

142753-nanovsflip_original.jpg

Vídeo gravado com o iPod nano (à esqueda) em ambientes internos ficam mais escuras e azuladas

++++

Mas é preciso levar em conta que o iPod não é apenas uma filmadora, mas também um bom tocador de música, ao contrário de aparelhos semelhantes à Flip. Para quem quer apenas fazer alguns vídeos divertidos, sem se preocupar com alta qualidade, ele dá conta do recado.

O recurso do acelerômetro está adaptado para a gravação dos vídeos.
O nano entende se o usuário está gravando no modo horizontal ou
vertical e os posiciona corretamente antes de serem importados para o
computador.

VoiceOver e gravador
Desde a quarta geração do iPod nano, a Apple oferece a função de
menus falados para ajudar principalmente os deficientes visuais. Na
quinta geração, a Apple também traz a tecnologia VoiceOver, que
pronuncia o nome da música, cantor e lista de reprodução que estiver em
execução.

A gravação de notas de áudio não é novidade para usuários do nano. Com a ajuda de um microfone externo, os iPods podiam fazer
gravações no formato Apple Lossness. O iPod nano 5G vem com um
microfone embutido e uma aplicação semelhante ao gravador do iPhone e
iPod touch. Para começar a gravação, basta apertar o botão central. Os
arquivos de áudio são salvos no formato AAC Estéreo com 128 kbps.

Rádio
O rádio no iPod é algo que vem sendo pedido pelos seus consumidores
desde seus primeiros modelos. E finalmente eles foram atendidos. O novo rádio FM presente nos iPod nanos
5G tem uma característica que o torna exclusivo no mercado. Ele
é capaz de fazer buffer de até 15 minutos de gravação de rádio. Quando
o usuário pressiona Pause enquanto ouve algum programa de rádio, o
iPod começa a fazer a gravação para ser ouvida mais tarde.

radiobuffer_original.jpg

iPod nano 5G pode gravar até 15 minutos de rádio

Conforme os 15 minutos de gravação vão se esgotando, o áudio mais antigo vai sendo apagado à medida que o novo é armazenado. Também estão incluídas as opções de armazenar rádios favoritas e procurar por emissoras na região.

Outra característica única do iPod nano 5G é a capacidade de salvar
as informações recebidas pelas emissoras de rádio como, por exemplo,
nome das músicas executadas na programação. Quando o iPod for
sincronizado com o iTunes, a lista de músicas tocadas pela emissora de
rádio será mostrada com acesso à loja online (iTunes Store). O recurso
está limitado apenas às rádios que adotaram o sistema.

142753-itunestag_original.jpg

iTunes Store recebe as informações das músicas tocadas pelas emissoras de rádio

O rádio do nano está disponível para cinco regiões diferentes:
América, Ásia, Austrália, Europa e Japão. Para que o rádio funcione, o
usuário deverá utilizar fones de ouvido com fio, pois a fiação é usada como se fosse uma antena.

Contagem de passso

O pedômetro no iPod não chega para substituirá o kit Nike+, acessório usado
para medir a velocidade e os passos do usuário e comparar com outros
treinos. O iPod nano 5G usa um sistema mais simples, com o acelerômetro identificando cada passo
dado pelo usuário. O aparelho consegue estimar a quantidade de calorias queimadas e
programar uma meta diária de exercícios. Quando o iPod for sincronizado
com o iTunes, as informações serão passadas para o site Nike+ Active, que
mostra gráficos e informações extras.

Conselho de compra da Macworld
O iPod nano 5G é um produto bastante atraente. Ele mantém as mesmas
características da quarta geração e inclui uma câmera de vídeo,
microfone, alto-faltantes e rádio FM. Se você acha que seu iPod atual
está limitado para as funções que você mais utiliza, talvez o nano 5G
seja uma boa opção de compra para o Natal. Resta saber quanto ele vai custar no Brasil...

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site