Imagem de fundo do header
Testamos o notebook ultrafino ThinkPad X300 da Lenovo
Home  >  Review
REVIEW

Testamos o notebook ultrafino ThinkPad X300 da Lenovo

O concorrente do Macbook Air é robusto, poderoso e tem todas as entradas que você quer. Confira nossas primeiras impressões.

Por Darren Gladstone, da PC World/EUA

x300_150x.gif
Foto:

lenovo_x300_150O ultraportátil ThinkPad X300 da Lenovo pode não ser tão estiloso e superfino como o MacBook Air, mas após dissecá-lo, é difícil não amar este laptop.

Desde um sólido aspecto físico até vários detalhes importantes, esta fera voltada pra negócios fornece quase tudo que interessa para quem precisa de um equipamento potente e móvel.

Leia também:

> Conheça o X300, laptop que vai concorrer com o Air
> X300 da Lenovo deve custar US$ 3 mil
> Colocamos o MacBook Air à prova nas tarefas do dia-a-dia
> Galeria: Desmontamos o MacBook Air, o notebook mais fino do mundo

O Air e o X300 têm, sim, algumas semelhanças. Ambos têm telas nítidas de 13.3 polegadas (apesar de o X300 ter uma resolução melhor – 1440 por 900 pixels, contra 1280 por 800 pixels do Air), e os dois oferecem discos sólidos de 64 GB (um SSD vem por padrão com o Lenovo, mas faz com que o preço ultrapasse em cerca de 1000 dólares o valor do portátil da Apple; se você equipá-los da mesma forma, os notebooks irão custar mais ou menos a mesma coisa).

Se você está com medo de deixar seu laptop cair no aeroporto ou derrubar acidentalmente um pouco de café no chassi, saiba que o X300 é construído como uma caixa-preta – e inclusive lembra uma, e utiliza uma liga de carbono e fibra de vidro para proteger os componentes internos. Durante o seu lançamento, no Brasil, um executivo da Lenovo inclusive subiu em um X300 para comprovar sua resistência.
++++
Tecnicamente, o X300 é um pouco encorpado demais para um verdadeiro ultraleve – em sua parte mais fina mede pouco mais de 1,8 centímetros e 1,7 kg (2 kg com o adaptador AC) contra o 1,5 kg do Air.

Por outro lado você pode enfiar a qualquer hora um disco no drive de DVD do ThinkPad e assistir de fato a filmes, em oposição a ter que conectar um drive externo no Air. E  você pode, sim, remover o drive, o que deixa o X300 pesando apenas 1,5 kg também.

x300_430

Lenovo X300: drive de DVD é padrão

O X300 tem uma respeitável quantidade de força para um notebook ultraleve – na verdade, ele se saiu surpreendentemente bem em comparação com outros dessa categoria.

Com um processador Intel Core 2 Duo L7100 de 1,2GHz e 2 GB de memória RAM, o X300 fez uma pontuação de 64, ultrapassando o MacBook Air em preciosos 7 pontos nos testes com o WorldBench 6 Beta 2.
++++
Por outro lado, o desempenho do equipamento da Lenovo está exatamente na média se comparado com os outros tantos ultraportáteis que nós testamos. Ele marcou uma pontuação normal também na nossa avaliação da vida da bateria, que sobreviveu 4 horas e 22 minutos com uma carga.

Outros destaques da PC WORLD:
> Como baixar as mensagens do Gmail no seu desktop
> Configure seu roteador sem fio para lidar com tarefas específicas
> Satisfeito com seu teclado? Então conheça esta seleção
> PC é menor que o Mac mini e cabe na baia do leitor de DVD

Outra pedra do sapato da Apple são os diversos recursos do X300. Com o Lenovo você tem um notebook não muito mais grosso que o Air, mas que não apenas tem um drive de DVD como também possui três entradas USB 2.0, uma saída VGA para uma tela externa, uma webcam, entradas para fone e microfone e uma porta ethernet.

O Air tambem vem com webcam integrada, mas possui apenas uma entrada USB e você tem que usar um adaptador opcional para conectar via ethernet.

Usabilidade
Falando em opções, o X300 é provavelmente o único PC ultraportátil que oferece tanto  touchpoint quanto trackpad. Obviamente no fim das contas isso se reduz a preferências pessoais, mas pelo menos você pode escolher.

Como é geralmente o caso dos ThinkPads, o teclado é muito bom. Ele tem feedback tátil suficiente em suas grandes teclas, o que permite uma digitação rápida e precisa.

Para tornar sua vida ainda mais fácil, há ainda uma tecla de atalho para comandar tudo – o botão ThinkVantage. A maioria dos notebooks tem algum tipo de atalho para utilitários ou para a versão simplificada do Painel de controle. No entanto, este é, de longe, o conjunto mais útil, completo e conciso de atalhos.

Você pode usar o botão para acessar um utilitário de backup, configurar protocolos de segurança, localizar dados de uma conexão wireless e se seu computador não fizer boot, a tecla vai fazer um boot de um pequeno sistema operacional diferente do Windows a partir de uma partição escondida do HD. Assim, você poderá diagnosticar problemas e até baixar drivers, se for o caso.

E quando você começar a procurar por opções de conectividade wireless, você estará completamente equipado com um X300.
++++
Entre os destaques, o portátil de Lenovo conta com suporte incluso para 802.11a/b/g/n, Wireless WAN, Wireless USB, Bluetooth e um recurso espetacular: GPS (um exército de trabalhadores viajantes estão comemorando com essa novidade).

Uma preocupação secundária: o SO escondido e uma imagem do drive do sistema para trazer o PC de volta para os padrões de fabricação residem no HD do notebook.

Os escassos 64 GB do X300 provavelmente serão preenchidos rapidamente. Assim, com o Windows, seus aplicativos e a imagem escondida do disco, não vai restar muito espaço para seus arquivos.

Mas, por outro lado, ainda que custe uma boa quantia (7.999 reais no Brasil), a Lenovo prova que é possível acoplar tudo que você precisa em um pequeno pacote.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site