Imagem de fundo do header
Testamos os novos MacPros, com quatro e oito núcleos
Home  >  Review
REVIEW

Testamos os novos MacPros, com quatro e oito núcleos

Com preços entre 8 e 11 mil reais, sistemas bateram os modelos anteriores, mas foram superados pelo iMac com Core i5 em alguns testes

Macworld / EUA

macpro-150.jpg
Foto:

Os novos Mac Pros, anunciados em julho, finalmente chegaram ao Lab da Macworld. Eles possuem o design de case idêntico aos seus antecessores, com as principais diferenças estando presentes nas opções de CPU e GPU. A Apple oferece duas configurações padrão: um sistema que custa 8.299 reais (2.499 dólares nos EUA), com um único processador Intel Xeon Nehalem quad-core de 2,8 GHz, 3GB de RAM, disco rígido de 1TB e placa gráfica ATI Radeon HD 5770 com 1GB GDDR5 vídeo RAM; e outro que custa 11.599 reais (3.499 dólares nos EUA), com placa gráfica e capacidade de armazenamento idênticas, mas com 6 GB de RAM e dois processadores Intel Xeon Westmere quad-core de 2.4GHz (oito núcleos no total).

Um terceiro sistema, com 12 núcleos, que inclusive pode custar mais do que um carro no Brasil, conforme já noticiamos, é considerado um modelo build-to-order (personalizado) pré-configurado, o que significa que não pode ser encontrado nas lojas físicas da Apple.

Comparado ao único modelo padrão oferecido anteriormente, com um processador Intel Xeon Nehalem quad-core de 2,66 GHz, 3GB de RAM, HD de 640GB e placa gráfica nVidia GeForce GT120 com 512MB de memória GDDR3, o novo sistema de 2,8 GHz foi 13% mais rápido de modo geral. Na maioria dos testes, o novo Mac Pro foi apenas alguns segundos mais veloz, mas houve um grande ganho no desempenho gráfico, com a placa ATI Radeon HD 5770 conseguindo exibir 87,7 frames por segundo em nosso teste com Call of Duty, enquanto que a placa nVidia do antecessor exibiu 49,3 frames por segundo no mesmo teste. A importação de imagens no iPhoto foi 18% mais rápida e a exportação de clipes no iMovie foi cerca de 30% mais rápida.

É um pouco complicado comparar os novos sistemas de oito (2,4 GHz) e quatro núcleos (2,8 GHz) porque não pudemos usar o pacote de testes Speedmark para comparar o desempenho geral. Encontramos um problema ao rodar o Parallels nos Mac Pros baseados no processador Westmere, por isso não pudemos completar nosso pacote de testes Speedmark 6.

Quando realizamos o boot no modo 64-bit (padrão nos novos Mac Pros), ocorreu crash nos sistemas com o Parallels instalado. Realizar o boot no modo 32-bit permitiu que os sistemas iniciassem, mas ainda não conseguimos usar o Parallels. Finalmente, tentamos uma limpeza completa e reinstalação do disco de sistema do Mac Pro e baixamos a versão mais recente do Parallels para eliminar quaisquer outros problemas essenciais, mas encontramos o mesmo bug. Informamos a Apple e Parallels do problema, que nos assegurou que a está trabalhando em uma solução. Por outro lado, o aplicativo funcionou muito bem no novo Mac Pro quad-core com processador Nehalem.

macpro01.jpg

 Vale o que custa? Novos Mac Pros de quatro e oito núcleos tiveram bom desempenho em nossos testes

Ao olhar os testes individuais, vemos que o sistema de oito núcleos é muito mais rápido nos aplicativos mais pesados que aproveitam ao máximo os vários núcleos. O MathematicaMark, por exemplo, teve pontuação 44% mais alta no sistema de oito núcleos em relação ao sistema de quatro núcleos, enquanto o Cinebench foi 28% mais rápido no sistema mais completo.

Em muitos aplicativos, no entanto, foi preferível ter menos processadores (mas, mais rápidos); o Mac Pro quad-core de 2,8 GHz foi um pouco mais rápido do que o Mac Pro de oito núcleos de 2,4 GHz em testes como Aperture, iTunes e Photoshop. Até mesmo no teste do Compressor o modelo quad-core foi 4% mais rápido.

Ao comparar as pontuações individuais do novo sistema de oito núcleos a um equipamento da geração passada personalizado (built-to-order), que tinha dois processadores quad-core 2,26 GHz Intel Xeon Nehalem, vimos um desempenho mais rápido no sistema mais recente.  E, novamente, com os maiores ganhos nos testes gráficos.

Já na comparação entre o novo Mac Pro quad-core de 2,8 GHz e o iMac de 27 polegadas com Core i5 de 2,8 GHz, o Mac Pro se deu melhor com uma pontuação 6% superior, de maneira geral, além de vitórias no Photoshop (por 10%), Cinebench e MathematicaMark (por 17% em ambos). E os testes do iMovie e Finder Unzip também foram mais rápidos no Mac Pro. Mas o iMac finalizou o teste Compressor com um resultado 3% mais rápido do que o Mac Pro quad-core, além de ter sido 11% mais rápido nos testes de codificação no iTunes.

 

 

Os melhores resultados estão em vermelho. Sistemas de referência em itálico.

Os resultados do Speedmark 6 são relativos aos de um MacBook Core 2
Duo 2.13GHz, para o qual foi designado uma pontuação de 100 (pontuações
mais altas são melhores). Resultados do jogo Call of Duty estão em
frames por segundo. O MathematicalMark mostra o resultado de desempenho
(maior é melhor). Os novos iMac Core i3 foram testados com o Mac OS X
10.6.4. Os iMacs Core 2 Duo com 3.06Ghz foram testados com OS X 10.6.1,
O iMac de 27 polegadas Core i5 2.66GHz foi testado com OS X 10.6.2. Nós
duplicamos um arquivo de 1GB, criamos um arquivo Zip no Finder a partir
dos dois arquivos de 1GB e então o descompactamos. Convertemos 90
minutos de arquivos de áudio AAC para MP3 utilizando a configuração
High Quality do iTunes. No iMovie´09, foi importado um arquivo de
filmadora e exportado para o iTunes com definição para dispositivos
portáteis. Nós rodamos um Timedemo em 1024 por 768 com 4X no Call of
Duty. Importamos 150 arquivos JPEGs para o iPhoto´09. O teste do
Photoshop foi feito com um pacote de 14 funções em scripts, com um
arquivo de 50 MB. A memória com o Photoshop foi ajustada para 70% e o
Histórico ajustado para o Mínimo. Marcamos o tempo que levou para
renderizar uma cena com multiprocessamento no Cinebench. Extraímos um
capítulo de DVD para o disco rígido com o HandBrake. Nós registramos
quanto tempo levou para renderizar uma cena com os multiprocessadores
no Cinebench. Rodamos o teste Evaluate Notebook no MathematicaMark 7.
Rodamos o teste multitarefa no WordBench 6 sendo executado no Parallels
5 VM rodando o Windows 7 Professional. Cronometramos o tempo para
importar e visualizar o preveiw em thumbnail de 150 fotos no Aperture.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site