Imagem de fundo do header
The Sims 3 para o iPhone tem limitações, mas é bacana
Home  >  Review
REVIEW

The Sims 3 para o iPhone tem limitações, mas é bacana

Aplicativo tem ótimos gráficos e boa jogabilidade, mas vem com menos recursos do que os existentes em outras plataformas.

Chris Holt, da Macworld/EUA

Foto:

As empresas desenvolvedoras de jogos tentam cada vez mais melhorar a capacidade de transformar jogos de grandes plataformas para dispositivos portáteis. Não são todas que conseguem fazer um bom trabalho, mas a EA Mobile teve a ambição de levar o The Sims 3 para o iPhone.

Os gráficos do The Sims 3 para o iPhone são os melhores de todas as versões. Os usuários têm uma infinidade de opções para customizar os Sims, mas não espere encontrar crianças e idosos no jogo: os personagens estão limitados a apenas uma faixa etária.

Ainda na criação do personagem, o jogador pode escolher qual será a personalidade do Sim, tornando o jogo bem mais divertido. Sims com a personalidade definida como “louco”, por exemplo, conversam com árvores e chutam latas de lixo na rua.

Você pode escolher a opção autocontrole e deixar que os Sims tomem suas próprias decisões para suprir as necessidades básicas como comer, dormir e cuidar da higiene pessoal.

Dentro do jogo o jogador poderá encontrar alguns minijogos e assumir controle total das ações feitas pelo Sim. Em uma pescaria, por exemplo, o usuário precisa sacudir o iPhone para que a vara de pesca atire a linha com a isca. O acelerômetro, que permite isso, também foi usado para que o Sim sacuda panelas na cozinha.

O The Sims 3 para o iPhone peca pela ausência de recursos e funções disponíveis  na versão do game para grandes plataformas.

Além de uma única faixa etária, são poucas fases de ocupação de trabalho para crescimento profissional e opções limitadas para a construção de um relacionamento amoroso.

No modo cidade não existe muitos edifícios comerciais e há apenas oito casas com moradores. Para transportar seus Sims de um lugar para outro, é necessário ter paciência. O usuário deve escolher o local na cidade no ‘modo pássaro’ e então clicar em uma tela de confirmação e então aguardar o carregamento.

Em alguns momentos, ícones com as aspirações do seu Sim vão aparecer na parte inferior da tela. Alguns são impossíveis de serem realizados. Por exemplo: um Sim queria uma promoção de emprego no sábado, mas o prazo para a realização do desejo expirava na segunda-feira, sendo que meu Sim não trabalhava nos finais de semana.

Mesmo que se complete todas as aspirações do Sim, não espere ganhar recompensa alguma de poção mágica para prolongar a vida ou algo parecido. O jogo pode demorar aproximadamente 10 horas para que seja concluído.

Parece que a EA Mobile tem dificuldade na criação de menus. Assim como no Sim City para o iPhone, muitas opções são ambíguas no jogo. Pode-se, por exemplo, insultar um Sim em determinada situação; contudo, esta interação entre os Sims desaparece em determinados momentos do jogo.

Sims3-iphone-300.jpg
Escolha a roupa do Sim, clicando na tela

Instalado em um iPhone 3G, o game funcionou muito bem, ainda que com pequenas demoras eventuais. Ao mandar o Sim trocar de roupas, por exemplo, o game travou várias vezes.

Compatível com qualquer iPhone ou iPod com software 2.2 ou superior instalado, o The Sims 3 custa 10 dólares e não pode ser comparado os recursos que a versão para Mac oferece. Mas para fãs da série, o game é diversão garantida.

Confira abaixo o vídeo do The Sims 3 para o iPhone:

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site