Imagem de fundo do header
Transforme sua voz em instrumentos musicais com o Voice Band
Home  >  Review
REVIEW

Transforme sua voz em instrumentos musicais com o Voice Band

Aplicativo para iPhone e iPod Touch transforma cantoria em guitarra ou baixo, mas requer muita prática

Macworld/EUA

voicebandlogo.jpg
Foto:

Quem nunca cantou suas canções favoritas no chuveiro ou enquanto dirigia que atire a primeira pedra. Os mais animados costumam até fazer os sons da guitarra ou do baixo da música com a boca durante a cantoria. O Voice Band, aplicativo de três dólares da WaveMachine Labs tenta fazer a mesma coisa: ele transformar a voz do usuário no som de vários instrumentos musicais.

Escolha um entre os instrumentos disponíveis, depois selecione entre os vários tipos de efeito, como delay e reverberação e, então, comece a “cantar” ao estilo Scat. O app usa o compasso e a dinâmica da voz para produzir um som comparável com o instrumento escolhido. Por exemplo, para controlar a caixa ou o bumbo, um som vocal mais leve produz o bumbo, enquanto um som mais explosivo faz a caixa. O Voice Band disponibiliza dez instrumentos diferentes, incluindo sons de guitarra, baixo, percussão e pratos, além da possibilidade de comprar mais instrumentos a partir do aplicativo.

 A maioria dos instrumentos requer um pouco de prática para produzir algo que soe próximo do som original. Há um recurso de auto-tune que é designado para ajudar a manter as faixas na altura certa e um metrônomo para ajudar no compasso. Há ainda o recurso para o usuário acompanhar faixas da própria biblioteca de músicas.

 

voiceband01.jpg

Solte a voz: além do clássico auto-tune, aplicativo também permite fazer sons de instrumentos com a pŕopria voz

A ferramenta mais interessante do Voice Band é o gravador multi-track, que permite ao usuário gravar uma música colocando os instrumentos como camadas, um sobre o outro (o website do desenvolvedor disponibiliza um ótimo vídeo de demonstração que usa a música Fly Away, do cantor Lenny Kravitz como exemplo). É extremamente necessário dominar a técnica, se quiser que as gravações fiquem algo próximo do audível.

Uma coisa que pode incomodar os mais perfeccionistas é o fato de que, ao gravar uma faixa, ela automaticamente é mesclada com a faixa que está sendo executada junto. Se cometer algum erro, sempre é possível abandonar a gravação, recarregar a música original e começar de novo, mas isso é muito incômodo.

Isso funcionaria muito melhor se fosse possível salvar cada faixa separadamente em diferentes gravações e, então, misturá-las a gosto do usuário. Claro que misturar várias faixas pode ser uma tarefa muito difícil em uma tela tão pequena como a do iPhone ou iPod touch, mas cai como uma luva para o visor maior do iPad. Por falar nisso, o app funciona no tablet, contudo não é feito para o iPad, logo funciona no tamanho de uma tela de iPhone, ou pode ser expandido para o tamanho desejado com perda de qualidade.

A proposta do aplicativo é muito atrativa, já que dá aos músicos a possibilidade nova no âmbito da criação musical e permite que amadores criem sua própria música. O Voice Band cumpre esses requisitos, contudo, assim como aprender a tocar um instrumento musical “de verdade”, é preciso muito tempo, paciência e dedicação para conseguir  bons resultados.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site