Imagem de fundo do header
Vaio X é o mais fino e mais leve notebook da Sony, mas é caro
Home  >  Review
REVIEW

Vaio X é o mais fino e mais leve notebook da Sony, mas é caro

Ele pesa apenas 760 gramas e vem com drive de estado sólido, que ajuda no desempenho e na duração da bateria - seis horas.

Sarah Jacobsson, da PC WORLD/EUA

VaioX_150.jpg
Foto:

Elegante, fino e sexy. Assim pode ser definido o Vaio da série X, que tem apenas 1,4 centímetro de altura, pesa 760 gramas e vem com tela de 11,1 polegadas, com  webcam Motion Eye de 1.3 megapixel integrada.

Sua configuração inicial, nos Estados Unidos, custa 1.299 dólares. No Brasil, o modelo foi lançado como Vaio X VPC-X111KB/B e tem preço para lá de salgado: 6.999 reais.

O portátil vem equipado com processador Atom Z540, de 1,86 GHz, 2 GB de memória tipo DDR2, drive de estado sólido (SSD) de 128 GB, leitor de cartões de memória flash tipos MS Duo e SD e sistema operacional Windows 7 Home Premium.

Em conectividade, o Vaio X traz placa de rede Ethernet, circuito Wi-Fi (802.11b/g/n) e Bluetooth e duas portas USB 2.0. A bateria padrão oferece autonomia de até seis horas, podendo ser estendida para supostas 16 horas com a bateria adicional (VGP-BPX19). Contudo, considere 1 kg a mais no peso.

Apesar de usar um Atom, que é um processador voltado mais para mobilidade do que para desempenho, o Vaio X executou bem multitarefa no Windows 7. Uma parte disso se deve ao drive SSD que, por não conter as partes mecânicas existente em um disco tradicional rígido convencional, oferece desempenho muito superior na carga de programas, assim como no acesso à memória virtual.

vaiox_350.jpg

Vaio X: pequeno, leve e caríssimo

O LCD tem resolução de 1366 por 768 pontos, no qual, teoricamente, é possível rodar vídeos de alta definição (720 linhas). Executamos um vídeo na resolução de DVD (480linhas ) e a experiência foi ótima, com imagem nítida e cores bem definidas. No entanto, ao executar um vídeo em 720 linhas notamos movimentos espasmódicos (soquinhos).

A tela tem ótimo brilho, mas usado em intensidade máxima, vimos a bateria ter sua carga enxugada em cerca de 2,5 horas. A resolução nativa também é muito boa, mas as letras acabam ficando pequenas e leitura de longos textos fica desconfortável rapidamente. Entretanto, é possível usar o recurso de zoom.

O touchpad merece ser citado pelo bom funcionamento do multitoque. Assim como o iPhone, usando dois dedos é possível dar zoom nas fotos e, com um movimento rápido do dedo, as fotos são viradas como páginas de um livro. Ponto negativo para a fragilidade dos botões, parecendo que iam quebrar a qualquer momento.

O teclado segue a tradição da linha Vaio, com teclas quadradas, sem bordas e com espaço entre elas. Apesar disso, a digitação não é muito confortável. O motivo é que, apesar do espaçamento, as teclas ainda são menores que um teclado tradicional.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site