Imagem de fundo do header
Vegas Pro 10 traz estabilização de imagem e edição de vídeos em 3D
Home  >  Review
REVIEW

Vegas Pro 10 traz estabilização de imagem e edição de vídeos em 3D

A Sony também apostou na aceleração via GPU, mas o recurso ainda é primitivo e muito limitado na versão atual do software.

PC World/EUA

Foto:

O software de edição audiovisual Sony Vegas Pro é muito menos conhecido do que os concorrentes Final Cut Pro ou Adobe Premiere, mas ainda assim é uma ferramenta poderosa. A versão mais recente, Vegas Pro 10, traz funções que a concorrência já tem, mas também conta com novos recursos que são únicos, como edição em 3D.

Em Estéreo(scopico)
Edição de vídeo 3D estereoscópico significa que você pode usar o software para produzir vídeos 3D a partir de conteúdo 2D (e, é claro, editar material de filmadoras 3D) e reproduzir o conteúdo em TVs 3D e computadores. No Vegas Pro 10, você habilita esse recurso com um comando no menu e depois faz ajustes ao efeito utilizando um filtro. Há também uma opção para aplicar o efeito em azul e vermelho, para que o efeito possa ser visto em qualquer computador ou TV com a ajuda dos já clássicos óculos bicolores de papelão com lentes de celofane. 

Estabilização de imagem
Outro novo recurso, o de estabilização de imagem, faz uma análise de um vídeo e reduz o movimento indesejado e até mesmo zooms acidentais. Basta selecionar um clipe na linha do tempo, clicar com o botão direito e selecionar “Estabilizar imagem”. Estes ajustes podem ser feitos automaticamente ou configurados atributo por atributo pelo usuário.

Os outros novos recursos do Vegas Pro 10 não são únicos, mas ainda assim são bem úteis. Assim com o Adobe Premiere Pro, as versões anteriores do programa já tinham suporta para múltiplas câmeras – a possibilidade de editar múltiplas camadas de vídeo de uma vez e clicar ou utilizar atalhos do teclado para fazer cortes rápidos entre as camadas ou definir o ângulo do vídeo final. Mas o Vegas Pro 10 dá um passo a frente e adiciona um preview em tempo real desta edição.

Aceleração via GPU
Um recurso essencial para o mundo da edição de vídeo é a aceleração baseada em GPU. O Adobe Premiere Pro CS5 trouxe esse recurso, que acelera algumas funções e a renderização do vídeo final utilizando a placa gráfica do computador em conjunto com a CPU. Agora o Vegas Pro 10 também utiliza o processador gráfico para acelerar a conversão para seu formato de saída, o AVC. Isso vale para placas de vídeo NVIDIA com suporte a tecnologia CUDA.

No entanto, até agora isso é tudo que ele faz: acelera essa única função para um único formato de saída. Em nossos testes, a aceleração não pareceu fazer muita diferença; o programa sempre dependia  mais da CPU para renderizar os vídeos.

Por outro lado, o Vegas Pro 10 oferece uma gama muito maior de controles de áudio. Novos recursos incluem uma função para adicionar efeitos à saída principal, para o bus level (saída para hardware externo), para camadas individuais ou para clipes de áudio. Ele até oferece suporte ao áudio 24-bit/192KHz, som de alta qualidade de discos Blu-ray.

Extensões e estabilidade

O Vegas Pro 10 possui uma nova arquitetura de complementos chamada OpenFX que permite ao software aceitar efeitos desenvolvidos por terceiros. Além disso, ele já acompanha mais de 300 efeitos de transições, vídeo e áudio.

Na maior parte do tempo o Vegas Pro 10 roda suavemente graças à sua arquitetura 64 bits (que faz parte do software desde a versão 8.0) e permite utilizar maiores porções de memória RAM. Há também uma versão 32 bits que opera bem até mesmo no Windows XP.

O Vegas Pro 10 possui menos bugs em relação a seus antecessores, mas ainda assim, quando o projeto de edição é muito complexo e cheio de camadas de vídeo, não é raro ver lentidões ou travamentos.

Conclusão
Se você está ansioso para criar vídeos em 3D para a sua TV de alta definição, o Vegas Pro 10 é a única opção no momento. Fora isso, ele tem seus pontos fortes como a estabilização de imagem e a ampla força para edição de áudio. Mas em termos de vídeo, até que a Sony melhore a função de aceleração via GPU o Premiere Pro CS5 continuará sendo a melhor escolha para Windows em termos de desempenho.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site