Imagem de fundo do header
Veja nossos testes iniciais com o mini-notebook Acer Aspire One
Home  >  Review
REVIEW

Veja nossos testes iniciais com o mini-notebook Acer Aspire One

Tivemos acesso ao protótipo do grandioso mini-notebook que promete uma boa briga no segmento de notebooks ultraportáteis.

Darren Gladstone, da PC World/EUA

acer_aspire_150.jpg
Foto:

Asus, fique esperta. Vocês estão deitando e rolando com o Eee PC. Sim, ele é barato e compacto, mas agora possui um sério concorrente pronto para atacar.

A Acer nos forneceu uma unidade de pré-produção do Aspire One, que pode chegar a custar 400 dólares. Depois de fuçar nele por uma semana, estamos prontos para abandonar nosso portátil high-end e pegar um ‘netbook’ (a maneira como alguns chamam esse tipo de mini-notebook), na faixa de menos de 500 dólares.

Por que a mudança? Para iniciantes, ele é bem mais leve e fino (pesa 900 gramas e tem dimensões de 25 centímetros por 17 cm por  3 cm) e tira o máximo do processador Intel Atom de 1,6GHz. Além do Wind da MSI, essa é uma das primeiras máquinas a mostrar como pode ser proveitoso o desempenho deste chip da Intel.

Para um beta, o Aspire One é muito bem projetado. Seu exterior forte e agradavelmente colorido é bem refinado e se mostra sólido ao toque das mãos – com certeza firme o suficiente para suportar os trancos dentro de sua mala. E uma tampa grande e bem segura recebe a tela de 8,9 polegadas e 1024x600 pixels.

acer_aspire_300

Agora, quando pensamos no ‘netbook’ típico, por algo em torne do 400 dólares em média, a palavra que vem à mente é “compromisso”. Você vai receber um Linpus Linux Lite, e não um Windows XP. Terá OpenOffice.org em vez do Microsoft Office. Vai receber um HD de 8GB e 512MB de RAM. A princípio, não parece um grande negócio.

Então, nós fomos checar. E ficamos realmente impressionados com a estabilidade do funcionamento (apesar de termos utilizado alguns aparatos Wi-Fi) e com a qualidade do teclado. É grande e não emite aquele barulho tradicional enquanto digitamos.

Nós não pudemos rodar o WorldBench no pequeno HD NAND de 8GB do Aspire One, mas podemos dizer que ele faz o boot em 25 segundos. Não houve problemas em rodar vídeos em streaming do YouTube usando uma conexão 802.11g (revisões de hardware para o produto final podem incluir suporte para WiMax e 3G).

Ele tocou MP3 sem dificuldades e rodou um capítulo de Best Week Ever de 213MB sem ‘tropeçar’ na reprodução.

Ah, mas você precisa de mais espaço para crescer. Além das portas básicas USB, porta ethernet e saída em VGA, o Aspire One vem com dois slots para cartão de memória.

Por que dois? Um deles é designado para “expansão de armazenamento” – insira um cartão SD, e o mini-note irá formatar a memória flash para servir como um espaço extra de HD interno. O outro serve para o usual: arquivos que você queira transferir de uma câmera digital ou de outro aparelho que tenha em mãos.

Caso você não se satisfaça com a capacidade de armazenamento – ou com o Linux – a Acer também vai disponibilizar uma versão do Aspire One um pouco mais cara e com XP (apesar da empresa não revelar o preço exato, deverá ser algo em torno de 600 dólares) O modelo terá HD de 80GB e memória RAM de 1GB.

Corremos algum risco com nosso palpite, mas achamos que esse notebook promete muito. Será possível obter um rendimento surpreendente com as utilidades desse PC quando sua produção começar (espera-se que em setembro).

No entanto, dificilmente este é um review definitivo. Você terá mais informações em nossos testes quando a Acer lançar a versão final do Aspire One.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site