Imagem de fundo do header
Windows 7 RC: veja os destaques e as novidades da versão do sistema
Home  >  Review
REVIEW

Windows 7 RC: veja os destaques e as novidades da versão do sistema

Release Candidate começou a ser distribuído nesta quinta-feira (30/04) a desenvolvedores. Saiba o que mudou em relação ao beta.

Redação do IDG Now!

Foto:

Cerca de três meses após o lançamento do beta do Windows 7 , a Microsoft começa a distribuir a versão Release Candidate (RC) do novo sistema operacional nesta quinta-feira (30/04) a um grupo de 10 mil desenvolvedores e parceiros assinantes dos serviços MSDN e TechNet.

O IDG Now! teve acesso, em primeira mão, aos detalhes do Windows 7 RC, em uma conferência por telefone com Mike Nash, vice-presidente corporativo de Windows da Microsoft Corp. e em entrevista com executivos da Microsoft Brasil.

Tudo sobre o Windows 7
> Fabricantes adaptam PCs ao Windows 7
> 10 dicas sobre o beta do Windows 7
> Confira o preview do Windows 7
> Os 5 pilares do Windows 7
> 8 questões sobre o Windows 7
> Fotos: veja os novos recursos do Windows 7

O Windows 7 RC não está disponível em português. Somente em inglês, espanhol, japonês, francês e alemão.  O arquivo tem aproximadamente 2,47 Gigabytes na versão de 32 bits e 3,12GB para a versão de 64 bits.

O RC, que será oferecido para download público a partir de 5 de maio, é uma versão equivalente ao Windows 7 Ultimate, informa Alessandro Belgamo, gerente geral da divisão Windows da Microsoft Brasil. Segundo ele, esta é a última versão de testes do Windows 7 antes do lançamento do RTM (Release To Manufacturer), que é destinada a fabricantes de PCs - Original Equipment Manufacturers (OEMs).

“Esta versão já inclui todas as novas funções que serão oferecidas na versão final do Windows 7. Com base no retorno que tivermos do RC podemos fazer correções ou retirar funções, mas não adicionar”, explicou o executivo. A Microsoft mantém a previsão de lançamento do Windows 7 ao público para janeiro de 2010.

Entre os diferenciais do RC em relação à versão beta do Windows 7, Mike Nash destacou o Remote Media Streaming, função que permite acesso remoto via web à biblioteca de mídia do usuário; o Windows XP Mode, emulador do XP voltado a pequenas empresas; e o Windows 7 Upgrade Advisor, serviço similar ao oferecido pelo Vista, para que o usuário verifique a compatibilidade de sua máquina com o novo sistema.

Remote Media Streaming
De olho nos usuários móveis, o RC do Windows 7 inclui uma função capaz de acessar remotamente e reproduzir via internet arquivos de mídia compatíveis com o Windows Media Player que estão no desktop do usuário – desde que a máquina esteja ligada.

“Se estiver viajando e quiser ouvir uma música que está no meu desktop, em casa, posso acessar a biblioteca da máquina pelo meu laptop, usando o Live ID como validador, e reproduzir a música via streaming”, esclarece Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor do Grupo de Consumo e Online da Microsoft Brasil.

Windows XP mode
Conforme noticiado anteriormente, o RC do Windows 7 contará com uma máquina virtual que emula o Windows XP para garantir o acesso a aplicações nativas no sistema operacional antigo. Com a máquina virtual, a Microsoft quer incentivar a migração de pequenas empresas, cuja base está vinculada ao Windows XP, para o novo sistema operacional.

De acordo com Belgamo, o “Windows XP Mode” estará disponível para download separadamente para empresas que possuem poucas máquinas – a instalação é feita individualmente por PC – e já não contam mais com o suporte para aplicações mais antigas compatíveis somente com o XP.

Médias e grandes empresas já contam com sistemas mais parrudos de virtualização para o XP como o MED-V (Microsoft Enterprise Desktop Virtualization) e o MDOP (Microsoft Desktop Optimization Pack), que garantem a evolução do produto, observa Alessandro Bueno, gerente de produtos Windows para o mercado corporativo na Microsoft Brasil.

Windows 7 Upgrade Advisor e requisitos mínimos
Assim como no Windows Vista, o usuário interessado em migrar para o Windows 7 pode baixar uma aplicação online que verifica se a configuração de sua máquina é compatível com o Windows 7.

Para rodar o RC do sistema, a versão de 32 bits requer uma configuração mínima de 16 Gibabytes de espaço em disco, 1 GB de memória RAM, processador de 1GHz e Direct Access 9 instalado. Já a versão de 64 bits requer mais espaço em HD (20GB) e o dobro de memória RAM.

Home Group e “Play to”
Segundo Mike Nash, nos Estados Unidos há uma média de 2.1 PCs por residência. De olho no consumidor, a Microsoft promete melhorar o compartilhamento de arquivos entre os PCs de uma casa com a função Home Group, sistema capaz de reconhecer não apenas desktops, mas dispositivos como porta-retratos digitais e permitir o compartilhamento de arquivos entre eles. Já a função “Play to” permite que o usuário use sua rede residencial para fazer com que uma música de seu laptop rode na TV, por exemplo, explica Ricardo Wagner, gerente de produtos Windows de consumo da Microsoft Brasil.

Bit Locker “To Go”
Perdeu o pen drive com informações confidenciais? O Windows 7 promete que os dados sejam acessados somente com sua senha. Na versão RC, o recurso de criptografia de dados do Windows Vista Ultimate vai além do desktop ou do notebook e pode ser aplicado a dispositivos externos como pen drives e HDs. Basta configurar o dispositivo com o Bit Locker “To Go”.

Upgrade e Downgrade
A Microsoft ainda não revelou a política de upgrade para o Windows 7, mas o downgrade do novo sistema para o XP já foi confirmado recentemente pela empresa. Segundo Pryscila Alves, gerente de produtos de consumo da Microsoft Brasil, o downgrade para o XP será praticado por um período de seis meses após o lançamento do Windows 7.

Volta às aulas
Aquele velho scanner compatível somente com o XP vai continuar dependendo do antigo sistema, mas a Microsoft garante que assim como 95% dos aplicativos para XP rodam no Vista, a transição será natural para o Windows 7.

Segundo Mike Nash, a Microsoft tem trabalhado para que todas as aplicações que rodam no Windows Vista funcionem na versão 7 durante o lançamento. “A arquitetura do Windows 7 é a mesma do Vista então ele simplesmente vai funcionar”.

“Hoje temos nove antivírus compatíveis com o Windows 7, incluindo soluções de empresas como Trend Micro, McAfee, AVG, Symantec e Kaspersky”, cita o executivo, que se diz confiante no ecossistema de parceiros de desenvolvimento. para que as aplicações sejam compatíveis na migração.

Segundo Nash, a rede de 29 mil pessoas que começa a testar o RC do Windows 7 vai garantir que o novo sistema esteja pronto para algo como a “volta às aulas” do mercado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site