Home > Notícias

RIM nega problemas com a bateria do PlayBook

Analista de mercado havia criticado duração e concluiu que lançamento, previsto para o início de 2011, teria de ser adiado.

Redação do IDG Now!

30/12/2010 às 14h44

Foto:

A Research In Motion negou na quarta-feira (29/12) que seu tablet PlayBook tenha problemas com a duração da bateria. Anunciado no fim de setembro de 2010, o aparelho tem previsão de lançamento para o primeiro trimestre de 2011.

Na terça-feira (28/12), a Forbes citou o analista da indústria Shaw Wu, da Kaufman Bros, que avaliou a duração da bateria do tablet BlackBerry em "poucas horas", se comparado às 6 horas do Galaxy Tab e às 10 horas do iPad, da Apple.

Na sua avaliação, o analista concluiu que a reengenharia necessária para melhorar o produto exigiria o adiamento do lançamento do tablet para maio de 2011.

Wu disse também que o sistema operacional QNX, utilizado no tablet, não tinha sido projetado originalmente para ambientes móveis, mas para equipamentos em que a duração da bateria não era uma restrição.

Em nota, a empresa afirmou que "todos os testes e acompanhamentos da duração da bateria realizados até agora por pessoas fora da RIM foram realizados com unidades pré-beta, construídas sem o recurso de gerenciamento de energia."

"A RIM tem cumprido seu cronograma para otimizar a duração da bateria do BlackBerry PlayBook e trabalha para entregar aos consumidores um tablet de qualidade profissional que oferece desempenho superior e duração de bateria equivalente", completou.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail