Home > Notícias

Rival para o iPad: Samsung quer 50% do mercado de tablets no Brasil

Fabricante espera vender ao menos 200 mil tablets no país em 2011, disputando mercado com o equipamento da da Apple no País

Renato Rodrigues, do IDG Now!*

29/03/2011 às 19h42

Foto:

SANTIAGO - Afinal de contas, os tablets vão acabar com os netbooks? Para a Samsung, empresa com mais modelos hoje no mercado, não -- ao menos no Brasil. "Aqui o netbook é um micro de entrada, que pode ser achado por 699 reais. Os tablets ainda estão bem acima disso", argumenta Silvio Stagni, VP de telecom da empresa. Já nos EUA, diz, a situação é diferente, porque o preço de ambos é bem mais próximo, assim como a penetração de PCs. Para Roberto Soboll, executivo da fabricante, os tablets "estão criando um novo segmento". Ele acredita que esses dispositivos são bem melhores que os smartphones para o consumo de conteúdo, como livros, revistas e jornais.

De acordo com Stagni, a meta da fabricante é conquistar ao menos 50% do mercado de tablets do país, que deve fechar este ano com algo em torno de 400 mil unidades, apontam estudos do IDC. Um número bem abaixo dos 35 milhões de PCs que devem ser vendidos em 2011.

Stagni também negou que a chegada do iPad 2 tenha apressado ou modificado os planos da empresa no setor. "i o quê?", brincou. Ele diz que o planejamento já havia sido feito bem antes do lançamento da Apple. 

Então, porque os novos Galaxy TAB, de 10,1 e 8,9 polegadas, não possuem recursos como voz e TV Digital, em boa parte responsáveis pelo sucesso do modelo de 7 polegadas? "Não queríamos abrir mão da espessura, do peso, e do `time-to-market` (tempo entre o anúncio e a chegada ao mercado)", afirma.

O setor de notebooks também vai bem, garante o executivo. Tanto que a fabricante não está dando conta da demanda. "Estamos `sobrevendidos`", disse ao IDG Now!. "Por isso quase não há anúncios de notebooks Samsung por aí", conta.

* o jornalista viajou a convite da Samsung

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail