Home > Notícias

Rival: Sony lança tablet Android mais fino que o iPad Mini

"Tablet Z" é mais fino e leve que produtos de concorrentes como a Apple e Google, e marca a expansão do portfólio de produtos Android da Sony

Mikael Ricknäs, IDG News Service

21/01/2013 às 16h26

ipadmini_435.jpg
Foto:

De acordo com a NPD DisplaySearch, uma empresa especializada em pesquisas de mercado, neste ano os fabricantes entregarão 240 milhões de tablets aos revendedores em todo mundo, excedendo a estimativa de 207 milhões de notebooks. A Sony, que vem buscando integrar os smartphones, tablets e TVs, quer um pedaço deste mercado.

Apenas duas semanas após apresentar o smartphone Xperia Z durante a CES 2013 em Las Vegas, nos EUA, a Sony está anunciando o Tablet Z, que traz uma ficha técnica bastante competitiva. Ele é baseado em um processador quad-core rodando a 1.5 GHz, tem uma tela de 10.1 polegadas com resolução de 1920 x 1200 pixels e uma câmera de 8 MP.

sony_tablet_z-360px.jpg
Tablet Z: apenas 6,9 mm de espessura, pesando 495 gramas

Mas o que irá ajudar o produto a se diferenciar dos concorrentes é sua espessura e seu peso. Com 6,9 mm de espessura ele é mais fino que o mais recente iPad, que tem 9,4 mm, que o iPad Mini, que tem 7,2 mm e que o Nexus 10 da Google, que tem 8,9 mm. E o peso de 495 gramas também é menor que os dos outros dois tablets, que pesam 652 gramas (iPad “4”) e 603 gramas (Nexus 10).

A conectividade inclui um modem LTE (4G), mas a Sony não detalhou em quais frequências ele irá operar. Assim como muitos outros dispositivos móveis recentes da Sony, há suporte a NFC.

De acordo com Ben Wood, diretor de pesquisa da CCS Insight, os lançamentos do Xperia Z e do Tablet Z marcam o verdadeiro começo de uma nova Sony, com ambos os produtos sendo desenvolvidos “em casa” após a aquisição da participação da Ericsson na Sony Ericsson.

“Pra mim este produto é interessante porque é um componente essencial na estratégia multitela da Sony, e como um fabricante de eletrônicos de consumo a empresa precisa ter uma história coerente ao longo de todos os tamanhos de tela, dos smartphones, passando por tablets e até as TVs”, disse Wood. 

Até o momento a Sony não divulgou em quais partes do mundo seu tablet será vendido, além do Japão. A empresa também não diz quanto o Tablet Z irá custar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail