Home > Notícias

Royole lança o primeiro smartphone dobrável do mundo na CES 2019

A empresa californiana deixa a Samsung para trás e lança o FlexPai, um smartphone Android com tela de 7,8 polegadas que se dobra totalmente

Mark Hachman, PC World USA

09/01/2019 às 13h57

Foto: Mark Hachman/IDG

Esta semana, a discreta startup californiana Royole, especializada em displays e interfaces flexíveis, pode se gabar de ter uma coisa que a Samsung ainda não conseguiu ter: o FlexPai, um smartphone Android totalmente dobrável, funcional e pronto para ser comercializado pelas operadoras. Apresentado ao público na CES 2019, tem um preço de tabela de US$ 1.300 .

É sabido que a Samsung está desenvolvendo seu smartphone dobrável, mas o FlexPai está bem aqui, na nossa mão. Vamos combinar: você possivelmente nunca ouviu falar da Royole. Nem nós, nem talvez as operadoras de telecom dos EUA. O desafio da empresa, que foi fundada em 2012 e que atualmente é avaliada em US$ 5 bilhões, será convencer as operadoras a confiar no produto o suficiente para oferece-lo aos seus clientes e, com isso, imaginamos chegar a um preço mais palatável.

Embora não achate totalmente as duas metades da tela (a lombada fica um pouco arredondada, como uma carteira), o FlexPai fica compacto o suficiente para ser guardado no bolso. Quando aberto, assume a totalidade da sua tela AMOLED de 7,8 polegadas, com resolução de 1920x1440 pixels. Não é uma das melhores telas do mundo, mas é brilhante e clara o suficiente para agradar a maioria dos usuários.

Ao testar o FlexPai, sentimos uma certa rigidez na hora de dobrar e desdobrar a tela, mas é um detalhe pequeno demais para tirar seu brilho. Os executivos da Royole contaram que testaram as telas dobráveis de AMOLED por basicamente seis anos, abrindo e fechando o smartphone umas 20 vezes por dia e não viram nenhuma distorção em nenhum ponto da tela, nem na área que fica na dobra e que recebe a maior carga física.

Por dentro, o FlexPai tem um processdor Qualcomm Snapdragon 855, 6GB de RAM e pode ser comprado nas versões de 128GB ou 256GB de armazenamento, segundo os dados da empresa. Há um slot para MicroSD em um dos lados do dispositivo e ele possui duas câmeras, uma ao lado da outra, de 16Mpixel e 20Mpixel . O truque aqui é que elas funcionam tanto como câmera traseira ou câmera frontal, e você pode ver a tela em qualquer dos lados.

O FlexPai não usa um Android puro, e oferece uma camada chamada "Water OS" que tem sua própria interface para o usuário. Não conseguimos tempo suficiente com o equipamento para avaliar nenhum dos recursos do sistema.

A única questão que sobrou  é o tempo de duração de bateria, que não está especificado. Como uma boa parte do aparelho é usada para acomodar a dobradiça, não ficou claro qual o tamanho da bateria.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail