Home > Notícias

Sabe qual é o melhor Android? Aquele com o melhor hardware

Só no ano passado, três versões da plataforma foram lançadas; em 2010, outras duas. Na dúvida, analise o aparelho e seus recursos.

IDG News Service

18/11/2010 às 9h42

Foto:

Eu tenho uma relação de amor e ódio com meu smartphone. Em breve, ele chegará ao seu segundo aniversário, período no qual eu pretendo, sem muita culpa, trocá-lo por um novo. Por isso, nos últimos dias, eu observei os aparelhos com o sistema Android de amigos e colegas. 

No entanto, me encontro em um dilema: devo comprar agora ou esperar por uma nova versão? Acredito que esta dúvida não seja só minha, porque, embora a cada mês novos e incríveis produtos de alta tecnologia cheguem ao mercado, a impressão que tenho é que com a plataforma Android isso se torna ainda mais peculiar e complexo.

Isto acontece, porque novas e melhores versões do sistema chegaram rapidamente ao mercado. Só no ano passado, três foram lançadas; em 2010, outras duas. Sempre que vejo alguém com um Android novo, surge a notícia de uma nova geração com recursos ainda mais sofisticados e interessantes, como aconteceu com o recente anúncio da edição 2.3. 

É claro, alguns telefones podem ser atualizados para as gerações mais recentes. Contudo, não há nenhuma garantia de que os usuários receberão o upgrade em um prazo razoável.

Então, o que deve ser feito?

Meu conselho é que na hora de comprar um novo smartphone você deve se preocupar com as especificações de hardware. Elas tem um impacto decisivo sobre o desempenho e, portanto, na usabilidade do equipamento. Se puder, prefira aqueles com no mínimo 1GHz; se não puder, fuja daqueles com menos de 512 MB de RAM. 

O Samsung Galaxy S2 i9200 promete um processador de 2 GHz e 1 GB de RAM, se os rumores se confirmarem. O lançamento está previsto para o ano que vem, nos Estados Unidos (EUA), portanto acho que vou esperar um pouco mais...

Diferentes versões

Embora com novos recursos, cada nova versão do Android também tem apresentado melhoras substanciais. Como indica a página da Wikipedia sobre a plataforma, cada edição não só trouxe novas funcionalidades, como também tornou os aparelhos mais rápidos e práticos.

Além disso, a equipe da Google que trabalha diariamente no desenvolvimento do Android, já está ciente sobre as reclamações relacionadas aos lançamentos constantes. Em uma recente entrevista, Andy Rubin, líder do projeto, declarou que gostaria que fossem feitos apenas dois lançamentos anuais, um no início e outro no final de cada ano, para coincidir com os ciclos de compra. No entanto, na prática, este ainda não parece ser o plano da empresa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail