Home > Dicas

Saiba como converter áudio e vídeo para o iPhone

Veja como deixar arquivos de multimídia mais compactos e como transferir filmes e músicas para o smartphone da Apple

Macworld - EUA

23/04/2009 às 17h12

Foto:

1) Áudio
Muitos audiófilos codificam música no formato Apple Lossless
quando a copiam de CDs. Isso acontece porque esse padrão não descarta nenhuma informação de áudio durante o processo de  codificação. Entretanto, produz arquivos relativamente grandes — uma música em Apple Lossless pode ser seis ou sete vezes maior do que uma em AAC ou MP3.

Para acomodar o máximo de músicas possível no seu iPhone, considere criar versões de suas trilhas Lossless no formato AAC, codificado a 128 ou 160 Kbps. Para tanto, agrupe em uma playlist as músicas que você deseja converter (para encontrar estes arquivos rapidamente, classifique sua biblioteca do iTunes por Tipo.) Toque em Editar, abra as Preferências do iTunes, selecione Geral e clique no botão Ajustes de Importação. No menu pop-up Importar Usando, selecione Codificador AAC. Para produzir arquivos de 128 Kbps, escolha Alta Qualidade (128 Kbps) no menu pop-up Configuração. Para codificar em uma taxa de bits diferente, escolha Personalizar, selecione uma taxa de bits no menu pop-up Taxa de Bits Estéreo na janela Codificador AAC e clique em OK.

Quando terminar, saia das preferências do iTunes. Em seguida, escolha Música na lista Source do iTunes, selecione os arquivos que você deseja recodificar e escolha Avançado: Criar Versão para AAC. O iTunes criará duplicatas dos arquivos selecionados com os ajustes que você escolher na janela Avançado. Agora crie uma playlist inteligente com a regra Contém AAC e sincronize esta lista com seu iPod.

Observe que você não pode usar esta técnica para recodificar faixas protegidas compradas na iTunes Store a não ser que as grave em um CD e depois as copie novamente (o que pode resultar em qualidade inferior). Entretanto, você pode recodificar as novas trilhas iTunes Plus sem DRM (Digital Rights Management) recém-disponibilizadas na iTunes Store.

resize390

Libere mais espaço para vídeos, aplicativos e álbuns no iPhone convertendo arquivos Lossless existentes aos formatos AAC ou MP3.

2) Convertendo Vídeo
Os vídeos que você compra na iTunes Store são igualmente protegidos e não podem ser convertidos. Mas, se você obteve vídeos de outra fonte — copiou-os de seus próprios DVDs, por exemplo — o iTunes talvez possa ajudar a encolher estes arquivos também. Selecione um deles no painel Filmes ou Programas de TV do iTunes e escolha Avançado: Criar Versão para iPod ou iPhone. O iTunes criará um arquivo de vídeo compatível com o iPhone. Se você quiser ter mais controle sobre a
conversão, pode usar um utilitário de terceiros como o Hand-
Brake.

3) Criando Listas de Reprodução
A melhor maneira de organizar sua biblioteca do iTunes é com listas de reprodução. Você pode criar uma playlist de músicas que lhe faz companhia durante um longo deslocamento ou o estimula durante um exercício (por que não mostrar ao bobo na esteira ao lado que, embora ele corra mais, você se diverte mais?).
TIDP

4) Encontrando os arquivos que você  ama
Quer uma maneira rápida de aplicar classificações às suas músicas e aos seus vídeos prediletos? Use o recurso Contagem de Execuções do ITunes para coletar em uma lista inteligente os arquivos que você executa repetidamente. Em seguida, escolha Editar: Selecionar Tudo para escolher todo o conteúdo que está na playlist e escolha Arquivo: Obter Informações para abrir a janela Informações de Item Múltiplo. Atribua a classificação baseada em estrelas no campo Classificando. Você também pode alterar a lista inteligente para encontrar os itens com os quais nunca perde seu tempo e atribuir-lhes uma classificação mais baixa.

iphonemus300

Encontre suas músicas prediletas rapidamente com a ajuda da contagem de execuções do iTunes

++++
5) Cópias de filmes
A iTunes Store pode ser um ótimo lugar para armazenar conteúdo de vídeo para o iPhone. Mas por que gastar dinheiro extra se você já tem uma vasta coleção de DVDs, filmes domésticos e outros arquivos de vídeo na ponta dos dedos? Com a ajuda de um software gratuito ou barato você pode converter estes vídeos em arquivos compatíveis para assistir enquanto viaja ou está na academia de ginástica.

Antes de mergulhar de cabeça, lembre-se de que esta é uma área cinza, legalmente falando. Copiar DVDs comerciais burla o sistema de proteção contra cópia empregado nestes discos. Por isso, a legalidade de usar este tipo de software é questionável, mesmo se você possui o DVD e só está copiando para assisti-lo de uma outra forma. Você terá que avaliar os riscos e as questões legais e éticas relacionadas.

Existem muitos aplicativos para copiar DVD, mas recomendamos o HandBrake 0.9.3, gratuito. Esta versão mais recente do programa para Mac suporta Macs PowerPC e Intel rodando somente o OS X 10.5 (você também pode baixar uma versão anterior que funciona com o 10.4, embora talvez não tenha alguns recursos mencionados aqui). A versão Windows suporta o Windows 2000, XP e Vista. E, como o HandBrake não possui mais as bibliotecas necessárias para descriptografar DVDs comerciais, você também precisará instalar o media player VLC (www .videolan.org) gratuito no seu computador (alguns DVDs mais novos vêm com proteção especial contra cópia que impede o HandBrake de convertê-los — nestes casos, talvez você precise procurar outro software).

Quando você ativa o HandBrake, ele disponibiliza uma página de navegação que lhe permite selecionar seu DVD. O HandBrake deve selecionar o filme automaticamente — o título mais longo no disco — mas, se não o fizer, selecione-o. Em seguida, escolha o pré-ajuste iPhone & iPod Touch, que ajustará os atributos de codificação adequadamente para um iPhone (codificador H.264, tamanho adequado de saída, marcadores de capítulo incluídos e assim por     diante).

Visto que as taxas de bits que o HandBrake escolhe para configurações padrões normalmente são mais altas do que o necessário, você pode ajustar a taxa de bits para economizar espaço no disco rígido e no iPhone. Experimente vários ajustes sem codificar um filme inteiro a cada vez: teste-os apenas em um capítulo. Para fazer isso, selecione o mesmo número na área Capítulos — por exemplo, Capítulos: 3 a 3. Você até verá a duração do capítulo para poder saber quanto de uma seção você está codificando.

Quando tudo estiver definido, diga ao HandBrake para codificar o filme e vá tirar um cochilo — dependendo da duração do filme e da velocidade do computador, pode levar várias horas (a codificação H.264 exige muito do processador).

6) Episódios de TV
Se você desejar copiar vários elementos de um DVD — episódios de séries de TV, por exemplo — escolha os ajustes que vai querer para todos os episódios e encontre todos os títulos que têm duração similar (cerca de 22 minutos para um programa de meia hora e 43 minutos para um programa de uma hora). Escolha o primeiro título, nomeie o arquivo e acrescente-o à fila do HandBrake. Repita para outros episódios, dando um nome exclusivo a cada um, e codifique.

7) Converta vídeos do disco rígido
Obviamente, os vídeos não se limitam a DVDs. Seu disco rígido provavelmente está lotado de arquivos de vídeo que você gostaria de levar no iPhone. Se você pode abrir um arquivo no QuickTime, pode usar o comando exportar Movie To iPhone do QuickTime Pro (US$ 30) para criar um vídeo que reproduzir nestes neste aparelho. Mas a conversão da Apple não suporta todos os tipos de arquivos, não tem recurso de codificação em lote (batch) e não permite que você mude os ajustes. Felizmente, o HandBrake é capaz de lidar com a maioria dos arquivos de vídeo que você confia a ele.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail