Home > Dicas

Saiba o que é e como calcular a potência da fonte do PC

Para escolher a fonte de alimentação ideal para um PC é preciso saber a potência necessária. Saiba como funciona a fonte e como calcular essa potência

Monica Campi, repórter da PC WORLD*

03/04/2009 às 16h06

Foto:

A fonte de alimentação do PC nada mais é do que um dispositivo que possui um conjunto de pequenas fontes, que fornece aos componentes internos do computador a potência que necessitam para funcionar.

Por exemplo, para um PC trabalhar a fonte fornece diversas tensões e correntes para alimentar os vários circuitos da máquina. A tensão de 12 Volts é fornecida para alimentar motores, como o processador, a placa gráfica e o ventilador. A de 5V para componentes da placa-mãe e USB; e a de 3.3V é usada pelo chipset e pequenos componentes.

Porém, se você precisa comprar uma nova fonte, como escolher a ideal? Muitas coisas devem ser levadas em consideração. A começar pela potência total. Quando um vendedor lhe oferecer uma fonte com 500 watts reais, saiba que esta informação “real” é meramente uma referência para a compra.

De acordo com Charles Blagitz, gerente geral da fabricante de periféricos Coletek, o correto seria dizer que esta fonte tem uma potência combinada de 500 w, pois esse valor seria a somatória de todas as potências que as tensões e correntes de uma fonte de alimentação fornecem.

calcularpotenciafonte_seventeam_350.jpg

Ao comprar uma fonte, atente-se as informações que estão na caixa. Verifique a tensão e a corrente e veja se a potência total está de acordo

Outro fator a se considerar é a eficiência da fonte. Geralmente esse dado é informado pelo fabricante na caixa do produto e está mencionado em porcentagem. Por exemplo, se a eficiência da fonte é de 80%, significa dizer que de toda potência que a fonte pode fornecer, 20% será dissipada em forma de calor.

Aliás, 80% é o valor mínimo ideal para se ter um bom retorno de energia. E como no Brasil não há restrições ou regulamentações com relação à eficiência, deve se tomar cuidado com os produtos que não possuem o selo de eficiência ‘80 Plus’, pois assim você saberá que está adquirindo um produto confiável.

Calculando a potência

Existe um cálculo básico para saber quantos watts seu PC necessita para operar normalmente. Mas para isso você precisa saber a potência utilizada por cada componente do PC (que pode ser encontrada no site do fabricante).

blackfriday50889ciodgf.jpg

O cálculo seria multiplicar a tensão (em volts) pela corrente (em amperes), resultando na potência (em watts) do componente. Por exemplo, um dispositivo USB (como um mouse ou teclado) gera uma tensão de 5V e puxa uma corrente de 0,5A. Sendo assim, ele necessita de 2,5W para funcionar.

tabela_calcularpotencia.jpg

Exemplo de valores da potência de cada componente, em um PC com uma configuração intermediária. É importante se atentar também às correntes necessárias para cada componente, para então encontrar a fonte ideal.

Mas, se você não quer ficar procurando por isso no site dos fabricantes e nem fazendo milhões de cálculos, existe um jeito mais fácil e rápido de chegar a esse resultado: usar uma calculadora para fontes de alimentação.

Estes softwares, geralmente online e gratuitos, permitem que você selecione os componentes e calcule o total. Só há um problema: algumas vezes eles não listam todos os componentes e em geral fornecem um resultado aproximado, portanto é melhor sempre considerar um valor maior, para ter uma brecha de potência.

E se um produto não estiver na lista, então selecione outro componente que tenha um valor de potência similar e você obterá um total muito próximo.Para esses cálculos, recomendamos dois bons aplicativos que costumam manter uma pequena margem de erro. O Newegg é o mais simples e direto. Quando erra, sempre aponta, com precaução, por uma recomendação superior a do resultado.

calcularpotenciafonte_350.jpg

Tela de cálculo do Newegg

Já o eXtreme é o aplicativo mais detalhado. Oferece mais opções de componentes e faz mais perguntas, podendo até intimidar quem não tem muito conhecimento. Porém, de acordo com usuários no fórum do programa, ele tende a apresentar valores mais baixos, o que pode causar problemas.

Vale ressaltar que a versão Pro (essa sim, paga), calcula não só quantos watts você precisa no total, mas também quantos desses watts você precisa nas tensões de 12V, 5V e 3.3 volts.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail