Home > Notícias

Saiba o que foi anunciado durante o Google I/O

Evento em San Francisco reuniu 5 mil desenvolvedores ao longo de três dias e serviu de palco para a estréia de serviços como o Music Beta by Google e os Chromebooks.

Rafael Rigues

12/05/2011 às 12h58

Foto:

Aconteceu nesta semana em San Francisco, na Califórnia, o Google I/O 2011, evento organizado pela Google e voltado a desenvolvedores. Durante três dias mais de 5 mil pessoas participaram de palestras, discussões e oficinas voltadas a produtos e tecnologias da empresa, como o navegador Chrome, os sistemas operacional Android e Chrome OS, seus serviços web e muito mais.

Como de costume, a Google aproveitou o evento para anunciar novos produtos, melhorias em produtos já existentes e dar um gostinho do que vem por aí. Confira a seguir as principais novidades:

Chromebooks: quase dois anos após o anúncio do Chrome OS, a Google finalmente mostrou os primeiros modelos de notebooks equipados com o sistema, os "Chromebooks". Em 15 de Junho chegarão às lojas nos EUA (e em mais seis países) máquinas da Samsung e Acer, em versões com e sem 3G e preços a partir de US$ 349. Não há previsão de lançamento no Brasil

Android 3.1 e "Ice Cream Sandwich": tablets como o Motorola Xoom receberão em breve uma atualização do sistema operacional, que traz pequenas mudanças na interface, melhoria de desempenho e recursos importantes como compatibilidade com mouses, teclados, câmeras e joysticks USB. Também foram demonstrados alguns recursos do "Ice Cream Sandwich", a próxima versão do Android que irá unificar tablets e smartphones e que deve chegar ao mercado no final deste ano.

Music Beta by Google: o tão esperado serviço de música online da Google não é uma loja como a iTunes ou Amazon MP3. Em vez disso é uma espécie de "disco virtual" para onde os usuários poderão fazer upload de seus arquivos MP3 (com um limite de até 20 mil faixas por usuário). Um vez que as músicas estejam online, elas poderão ser ouvidas via streaming em qualquer browser web ou em smarthones e tablets Android com um novo aplicativo já disponível no Market. Por enquanto o acesso ao serviço é limitado apenas a convidados residentes nos Estados Unidos.

Aluguel de filmes: além de vender aplicativos e livros o Android Market também passa a servir como locadora de vídeo, com um catálogo de 3 mil títulos de produtoras como a Weinstein Company, Universal Pictures, Warner Bros. Pictures e Sony Pictures. Os preços começam em US$ 1,99 por filme, e o usuário tem até 30 dias para assistí-lo via streaming no PC ou em smartophones e tablets Android.

Chrome Store faz estréia mundial: a loja de "aplicativos" para o Google Chrome e Chrome OS agora está disponível a todos os 160 milhões de usuários do Google Chrome, em 41 idiomas. Ao mesmo tempo, desenvolvedores ganharam a oportunidade de vender conteúdo dentro de seus aplicativos (In-App Purchase). Para comemorar, a Rovio anunciou que uma versão do popular jogo Angry Birds está disponível gratuitamente na Chrome Web Store.

Mudanças no Android Market: a loja de aplicativos para tablets e smartphones ganhou novas listas e categorias que tornam mais fácil descobrir bons apps. Desenvolvedores que produzem constantemente aplicativos de qualidade serão identificados com o "selo de qualidade" Top Developer. E o algoritmo de recomendação de aplicativos foi aprimorado, oferecendo aos usuários melhores sugestões.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail