Home > Dicas

Saiba que é possível identificar pessoas em suas fotos digitais

A tecnologia que permite reconhecer pessoas em fotos começa a fazer parte dos editores de imagem; mas ainda precisam melhorar.

Dave Johnson, da PC World/EUA

15/06/2009 às 17h53

Programas_Identificam_ilustra150.jpg
Foto:

programas_identificam_ilustra150.jpgVocê possui milhares de fotos em seu computador e entre elas estão as da festa de sua tia. Mas como encontrá-las? Dependendo do grau de (des)organização que se tem, as imagens ficam espalhadas por várias pastas e geralmente têm nomes que não ajudam, como Natal04, Viagem_interior ou 100808. Então encontrar a foto da sua tia segurando seu presente pode parecer como encontrar uma agulha no palheiro, certo?

Bom, atualmente não mais. Alguns programas possuem ferramentas que ajudam a identificar e rastrear a face das pessoas em suas fotos, para que depois você possa pesquisar pela pessoa em questão (sua tia, por exemplo) e localizar as imagens em que ela esteja retratada.

Picasa
O Picasa é um organizador de fotos que existe há um tempo, mas só recentemente o Google adicionou tags em suas funções. Mas o programa faz um ótimo trabalho ao identificar todas as faces em sua coleção de fotos.

Leia também: 
>> Digitalize arquivos antigos para não perder sua memória digital
>> Como lidar com condições extremas de iluminação em fotos externas
>> Retratos: regras básicas para não errar
>> Silhueta: dê um toque dramático à suas fotos
>> 12 downloads para tratar suas fotos digitais
>> Cinco dicas para evitar o efeito "olhos vermelhos" nas fotos

Identifique um rosto e o Picasa irá vasculhar sua coleção toda e identificar as demais imagens onde este rosto apareça rapidamente. Algo mais ou menos assim: diga ao Picasa - “está é minha mãe” e aplicativo irá rotular todas as imagens em que sua mãe aparece.

Mas você deve estar se perguntando com que frequência o Picasa acerta o reconhecimento. Afinal, se o aplicativo começar a rotular lâmpadas e abajures como, digamos, sua mãe, ou não identificar algumas imagens, então isso se tornará um problema. Apesar de esse risco real existir, os testes que realizamos mostraram que ele funciona muito bem.

Apesar de não ser perfeito, os erros são facilmente corrigidos e quanto mais fotos de uma pessoa o Picasa tiver de registrar, melhor será a frequência de acertos. Nos testes, por exemplo, o aplicativo foi capaz de identificar corretamente três pessoas - e uma delas na imagem em um porta-retratos.

Porém, o Picasa tem suas limitações. Por ser um organizador de fotos, os metadados não ficam registrados  nas imagens originais, no computador do usuário; por conta disso, tais rótulos são funcionais apenas nos álbuns online.

PicsMatch
Este organizador de fotos de 79 dólares instala-se no seu PC, gerencia suas fotos originais, sem copiá-las para um servidor na web e tem um identificador de face embutido.

Parece ser muito bom, não é? Mas não é bem assim, já que o método de reconhecimento de faces apresenta dificuldades.

Enquanto o Picasa faz uma varredura em suas fotos, procurando por combinações, e então permite que você diga quais identificar; o PicsMatch não facilita tanto assim. Parece que o programa quer que você sinta na pele o quão difícil esse processo é.

Quando você quiser que o PicsMatch saiba quem é sua mãe na foto, você precisa criar uma entrada de identificação para ela no programa e então procurar manualmente em sua galeria de imagens por uma foto que a associe. Então o programa utiliza a identificação que você criou e faz uma varredura por todo seu computador procurando por outras fotos.

Mas esta tarefa acaba sendo ineficiente, pois você precisa pensar em todas as pessoas que quer identificar. Além de exigir fotos no formato 3 centímetros por 4 cm em alta qualidade para configurar a identificação de alguém. Nos testes e sem utilizar esse recurso, o PicsMatch conseguiu trabalhar.

Mesmo porque, sinceramente, quem possui imagens no formato 3x4 de todos os amigos ou membros da família? Problemas como esse fazem do PicsMatch um programa limitado. E mesmo sendo um organizador de fotos para desktop, ele não suporta imagens RAW, praticamente uma exigência para quem lida com imagens profissionalmente.

Windows Live Photo Gallery
A nova versão do Microsoft Windows Live Photo Gallery acompanha uma ferramenta com reconhecimento de faces. Mas ao contrário do Picasa e do PicsMatch, o Photo Gallery apenas localiza as faces na foto, sem ser capaz de identificá-las.

Você abre um arquivo de imagem e o programa identifica que existem muitas faces naquela foto. O resto fica por sua conta. Clique em uma face e digite o nome ou selecione um nome da lista, toda vez que for identificar alguém.

Quem sabe uma versão futura do software inclua uma identificação como a que o Picasa faz. A ausência dessa funcionalidade é muito ruim para um aplicativo que tinha tudo para ser o melhor: é gratuito, faz a identificação nas imagens originais (no PC) e reconhece arquivos RAW – tudo o que falta aos demais programas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail