Home > Dicas

Saiba se seu computador está protegido contra o Mac Defender

Veja se a máquina recebeu as ferramentas que combatem o cavalo de Troia e aprenda a forçar a atualização para manter o equipamento seguro

Macworld/EUA

03/06/2011 às 13h56

Foto:

A Apple disponibilizou o update de segurança 2011-003 para combater uma onda de pragas virtuais que atacam usuários de Mac. O foco dessa atualização é detectar e remover com sucesso versões do Mac Defender, além de procurar diariamente novas definições de malware. Este trojan ficou conhecido por se fazer de antivírus para roubar dados pessoais e até informações de cartões de crédito.

Menos de 24 horas depois do update, porém, os crackers soltaram na rede uma outra versão do Mac Defender – uma variante que a solução da Apple não detectava– definida pelos especialistas como uma nova encarnação da “variante C”.

Caso você ainda não tenha instalado essa Atualização de Segurança e quer fazê-lo, vale lembrar que as definições da Apple são implantadas automaticamente, e incluem essa nova variação C do Mac Defender.

Entretanto, usuários que fizeram o update  antes do dia 31/5 podem estar com as definições desatualizadas. Mesmo se o Mac estiver programado para buscar atualizações para as preferências de segurança desse update, ele pode ainda não ter feito essa checagem automaticamente. E se você deseja que sua máquina tenha as últimas definições de segurança disponíveis, vamos mostrar o que é preciso fazer.

Primeiramente, veja se o update, de fato, foi instalado ou não. Para isso, abra o Terminal (encontrado em Aplicações > Utilitários) e cole o seguinte comando:

more /System/Library/CoreServices/CoreTypes.bundle/Contents/Resources/XProtect.meta.plist

Preste atenção às informações que aparecem logo em seguida: entre outros dados, há a data da última modificação. Se ela for anterior ao dia 30/5, veja as instruções abaixo para que o sistema fique com os componentes mais novos contra o malware.

Para forçar a atualização, siga esses passos:

1. Abra as Preferências do Sistema
2. Vá no ícone segurança
3. No painel Geral, desabilite a caixa “Atualizar automaticamente a lista de transferências seguras”
4. Habilite a caixa novamente.

Pronto. Se tudo ocorrer bem, ao utilizar novamente o comando do terminal mostrado acima, ele irá exibir uma data diferente, provavelmente com os dados do dia em que a atualização estiver sendo feita.

Não é preciso executar este comando todos os dias; o Mac deve, a partir de então, fazer as atualizações sozinho. Porém, se o usuário quiser ter certeza de que tudo está em dia porque ouviu a respeito de um novo malware que pode prejudicar a máquina, basta repetir o procedimento para forçar umaa atualização.

 atualizacaoseguranca01.jpg

 

Desabilite e habilite novamente essa caixa para forçar um update das definições de segurança

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail