Home > Notícias

Samsung envia 500 mil unidades novas do Galaxy Note 7 para os EUA

Como apenas um quarto dos clientes devolveu os aparelhos defeituosos, parte do lote de substituição deve ser comercializado para novos consumidores.

PC World / EUA

21/09/2016 às 15h33

galaxynote7_625.jpg
Foto:

A Samsung anunciou que finalizou um carregamento de 500 mil unidades do seu smartphone Galaxy Note 7 para operadoras e revendas dos EUA como parte do seu recall naquele país após diversos casos de queimaduras, incêndios e explosões do smartphone.

Os aparelhos de reposição ficam disponíveis para os usuários a partir desta quarta-feira, 21/09. Quem recebeu um celular temporário da operadora também pode fazer a troca pelo novo Note 7.

Quem foi obrigado a esperar para comprar o Note 7 também pode aproveitar. O smartphone top de linha da empresa já está disponível nas lojas on-line das operadoras Verizon e Sprint - a T-Mobile e a AT&T devem reativar as vendas em breve.

Os novos Note 7 receberão uma atualização de software que mostra um indicador verde na bateria para diferenciá-lo dos modelos anteriores, que sofreram recall, aponta a Samsung. Além disso, a empresa soltou um update para os aparelhos Note 7 com problema na bateria que ainda não foram devolvidos - o celular vai mostrar um aviso pop-up toda vez que for reiniciado até que seja devolvido pelo usuário.

A empresa sul-coreana também afirma que apenas 25% das unidades afetadas do Note 7 foram devolvidas. Por isso, uma parte das novidades unidades seguras poderá ser vendida para novos consumidores. A companhia diz que continua entrando em contato com os usuário via rede social, contato direto e outros meios para passar as informações sobre o recall.

Vale notar que todo esse problema acabou adiando o lançamento do Galaxy Note 7, anteriormente previsto para o mês de setembro. Até o momento, a empresa não anunciou uma nova data de chega do aparelho por aqui.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail