Home > Notícias

Samsung promete briga contra pedido de proibição da Apple

Comunicado oficial da empresa sul-coreana chega um dia após Apple entrar com ação na justiça para proibir vendas de 8 aparelhos da rival.

IDG News Service / EUA

28/08/2012 às 11h43

Foto:

A Samsung anunciou nesta terça-feira, 28/8, que “vai tomar todas as medidas necessárias” para manter seus produtos disponíveis para venda nos Estados Unidos. A declaração chega um dia depois de a Apple entrar com um pedido na justiça do país para barrar oito smartphones da fabricante sul-coreana.

“Nós vamos tomar todas as medidas necessárias para assegurar a disponibilidade dos nossos produtos no mercado norte-americano”, afirma o comunicado da Samsung. A empresa pode entrar com uma ação para interromper qualquer determinação que bloqueie as vendas, assim como apelar na justiça, se concedida.

A Apple pediu ao tribunal da Califórnia por determinações preliminares para barrar as vendas de sete smartphones Galaxy e um Droid Charge.

O pedido chega após o júri decidir na sexta que a Samsung deve pagar danos de mais de 1 bilhão de dólares por violar as patentes da Apple. Esse valor poderia ser triplicado pela juíza do caso, Lucy Koh, se ela descobrir que houve uma violação pensada das patentes.

Os sete aparelhos Galaxy incluídos no pedido de proibição são Galaxy S 4G, Galaxy S2 AT&T, Galaxy S2 Skyrocket, Galaxy S2 T-Mobile, Galaxy S2 Epic 4G, Galaxy S Showcase e Galaxy Prevail.

galaxysiii_435.jpg

Modelo mais recente Galaxy S III (foto) não está na "lista negra" da Apple

O júri determinou que 28 produtos da Samsung violaram as patentes da Apple.

Se a proibição for determinada pela justiça, as operadoras dos EUA que armazenam e vendem os aparelhos receberiam pedidos para retirá-los das prateleiras.

Os oito produtos que a Apple pediu a proibição não incluem o Galaxy S III ou o Galaxy Note, mas especialistas em patentes afirmam que a Apple pode pedir por uma determinação mais abrangente que inclua qualquer produto, até mesmo os não liberados para vendas, se acreditar que eles violam as patentes da Apple de uma maneira significativa.

A Samsung já afirmou que planeja apelar da decisão de sexta do júri.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail