Home > Notícias

Samsung vai investigar unidades do Galaxy Fold com telas quebradas

Companhia também confirmou que o lançamento do smartphone dobrável está garantido para o próximo dia 26 de abril, nos EUA

Da Redação

18/04/2019 às 14h00

Foto: Dieter Bohn/The Verge

O Galaxy Fold já está nas mãos de jornalistas da imprensa estrangeira e, após uma boa receptividade inicial, as coisas começaram a se complicar ainda no primeiro dia de uso, já que os aparelhos têm apresentado problemas de funcionamento na tela. E mesmo com o ocorrido, a Samsung confirmou que manterá o lançamento do dispositivo para o próximo dia 26 de abril nos Estados Unidos.

Em nota enviada ao Wall Street Journal, a sul-coreana diz: "Um número limitado de exemplares do Galaxy Fold foi enviado antecipadamente à imprensa para análise. Recebemos alguns relatos sobre a tela principal das unidades e vamos inspecioná-las pessoalmente para determinar a causa do problema". Também destacou que "não há mudanças nos planos" e que "vamos lançar o Galaxy Fold nos EUA" na próxima semana.

A companhia ainda afirma que a película protetora que reveste a tela frontal do Galaxy Fold não deve ser removida pois faz parte da arquitetura do dispositivo. "Paralelamente, alguns analistas informaram ter removido a camada superior do painel, causando dano à tela. A tela principal do Galaxy Fold conta com uma camada protetora, que é parte da estrutura de painel desenvolvida para protegê-la de riscos não intencionais. Remover essa camada protetora ou adicionar adesivos ao painel principal pode causar danos. Garantimos que esta informação é passada de forma clara aos nossos consumidores", completou.

Nos EUA, o Galaxy Fold será vendido por US$ 1.980.

Com informações: The Wall Street Journal

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail