Home > Notícias

Saúde: Europa quer abaixar volume de iPods

Comissão Europeia quer reduzir o limite de tocadores MP3 para 80 decibéis. Volume atual chega em 120 db, o que está fora da margem de segurança

Macworld/Reino Unido

28/09/2009 às 15h11

Foto:

Tocadores MP3 (como o popular iPod) e celulares podem sofrer alterações no volume máximo permitido sob ordens da legislação europeia de saúde e segurança.

Os planos da comissão serão divulgados no decorrer da semana. A Apple e outros fabricantes deverão estabelecer um padrão no nível do volume de seus aparelhos para evitar danos auditivos a seus consumidores.

Um nível seguro estabelecido está entre 80 e 85 decibéis. Atualmente, os players chegam até 120 decibéis. Os relatórios das novas regras estabelece que os próximos tocadores reduzam o volume de 100 para 80 decibéis.

Um diretor da comissão, que não teve o nome revelado, disse ao jornal The Times que o volume dos atuais tocadores é capaz de prejudicar a audição das pessoas no longo prazo. Segundo ele, os fabricantes não precisarão adicionar novas informações de segurança, mas apenas reduzir o volume dos aparelhos.

ipodnanox535group.jpg

Tocadores MP3 e celulares devem reduzir o volume dos aparelhos para até 80 decibéis

Em 2008, uma investigação científica feita pela Comissão Europeia sobre riscos emergentes mostrou que em 20 anos mais de 10 milhões de pessoas poderiam estar com problemas auditivos.

Pesquisadores do Instituto Nacional Britânico para a Surdez (RNID, em inglês) disseram que 54% das pessoas que ouvem músicas em MP3 players ajustam o volume em uma altura prejudicial em ambientes barulhentos. Também afirma que proprietários do iPod são os mais propícios a ouvir música alta.

Vale lembrar que dispositivos como o iPhone já trazem a opção para restringir o volume máximo do aparelho (o que pode ser útil se você não quer que seu filho ouça música no volulme máximo). Para isso, basta pressionar Ajustes, Ipod e Limite do Volume.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail