Home > Notícias

Se nada for feito, endereços IP vão acabar em 2011, alerta OECD

Entidade internacional pede a empresas e governos mais empenho na migração para o IPv6, protocolo de maior capacidade.

IDG News Service

15/05/2008 às 10h14

Foto:

Isoladamente, as empresas não estão fazendo o suficiente para impedir uma possível escassez de endereços IP (Internet Protocol, ou protocolo internet) e os governos devem trabalhar com elas para assegurar o futuro da economia da Internet. Este é o alerta de um relatório publicado nesta quinta pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OECD).

O número de endereços IP é limitado e quase 85% deles estão em uso atualmente. Se a taxa de crescimento atual se mantiver, todos estarão ocupados até 2011. O endereço IP é fundamental para permitir a conexão entre servidores, computadores e sites na Internet.

Felizmente, uma solução para o problema já surgiu: uma nova versão do Protocolo Internet, IPv6, que oferece uma expansão do número de endereços. Mas adotar o IPv6 significa, para as empresas, fazer várias mudanças no ambiente de software e hardware.

A demanda dos clientes pelo IPv6 ainda é lenta, o que incentiva a demora das empresas em fazer a mudança para o novo protocolo. Segundo a OECD, provedores de internet e empresa com grandes redes não estão fazendo o suficiente para se preparar para a introdução do IPv6. Para a organização, eles deveriam ver a transição como uma oportunidade comercial e social, e não como um problema financeiro, de acordo com o relatório da organização. A OECD quer também que governos usem seu poder de compra para estimular o mercado para equipamentos, software e serviços ligados ao IPV6, além de financiar pesquisa e desenvolvimento sobre o tema.

Um sinal de que a demanda pelo IPv6 está crescendo - e também um bom teste para verificar se sua própria conexão à Internet está pronta para o IPv6 - é o lançamento do Google de um acesso direto em seu mecanismo de busca para usuários IPv6. O endereço ipv6.google.com só funcionará se você tiver uma conexão IPv6, de acordo com o Google.

O governo norte-americano estipulou que o próximo mês é o prazo final para todas as agências governamentais tornarem suas infra-estruturas compatíveis com IPv6. A meta da Coréia do Sul é concluir o processo em 2010 e a China também está no mesmo caminho. Os sistemas de transporte e segurança dos Jogos Olímpicos funcionarão sobre o IPv6.

Peter Sayer, IDG News Service - Paris

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail