Home > Notícias

Segundo analistas, smartphones baratos ajudarão Android contra iPhone

Aposta é que, em dois anos, plataforma da Google será a segunda mais popular

IDG News Service

17/06/2010 às 13h48

Foto:

A redução no preço dos smartphones e a expansão do Android ajudarão a reduzir a distância de mercado entre o sistema operacional da Google e o iPhone, da Apple, dizem analistas.

Exemplos disso foram divulgados essa semana com o lançamento dos modelos Galaxy 3 e Galaxy 5,  da Samsung, e o Xperia X8, da Sony Ericsson, que começará a ser vendido já no terceiro trimestre, com um custo inferior a 250 dólares, sem os subsídios, de acordo com um post no blog da Sony. A Xperia X8 inclui um display de 3 polegadas, uma câmera de 3,2 megapixels e navegação utilizando A-GPS. 

Durante o primeiro semestre de 2010, as vendas de smartphones Android ultrapassaram as do iPhone na América do Norte, no entanto, mundialmente, o iPhone ainda estava à frente por mais de 3 milhões de unidades, de acordo com a Gartner.

"O Android está, sem dúvida, crescendo. Possivelmente, em um período dois anos se tornará a segunda maior plataforma, deixando o Symbian para trás", disse o analista da CCS Insight, Geoff Blaber.

"A única coisa que pode parar o Android de se tornar a segunda maior plataforma de aparelhos é a Google, se ela começar a ditar condições inaceitáveis aos fabricantes de aparelhos", disse a vice-presidente de pesquisas da Gartner, Carolina Milanesi.

Com a chegada de novos dispositivos, como o Galaxy 3, Galaxy 5 e o Xperia X8, possivelmente, eles ajudarão a impulsionar as vendas e dar vantagem à Google, na guerra contra a Apple, pelo mercado de sistemas operacionais em aparelhos móveis. 

Para as operadoras, o baixo custo do Android também ajudará a aumentar a utilização dos serviços de dados entre os assinantes, afirma Milanesi. 

Algumas operadoras européias já trabalham com fornecedores chineses, incluindo a Huawei e a ZTE, que também utilizam o sistema operacional da Google.

No entanto, a redução no preços dos smartphones com Android não é uma boa notícia para todos. Para a Nokia, isso significa novos e indesejados desafios, tudo porque a expansão da Google neste mercado afeta diretamente o sistema operacional Symbian e os esforços não tão bem sucedidos da empresa no mercado de aparelhos móveis. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail