Home > Notícias

Segundo Consumer Reports, concorrentes não estão à altura do iPad 2

Importante publicação americana destaca que dispositivo da Apple entrega mais por menos e supera rivais em tela e bateria.

Network World / EUA

06/04/2011 às 17h35

Foto:

Às fabricantes que lançaram tablets na esperança de superar o iPad, a Consumer Reports – importante periódico americano – avisa: elas terão de se esforçar mais.

A revista – a mesma que criticou duramente o iPhone 4 por seu problema com a antena - revelou esta semana seus testes com os principais dispositivos do mercado. Concluiu que o iPad 2 bate todos com folga. O produto da Apple se destacou por sua ótima tela, autonomia da bateria (12,2 horas ininterruptas) e facilidade de uso. Ainda conseguiu avaliação “excelente” em quase todos os 17 critérios levados em conta pela matéria.

O editor da seção de eletrônicos da Consumer Reports, Paul Reynolds, ressaltou que o tablet de Steve Jobs entrega mais por menos, ou seja, tem o melhor custo/benefício.

“Por enquanto, a Apple está à frente de seus concorrentes tanto pela qualidade, quanto pelo preço – o que não é comum em uma companhia que costuma cobrar caro por suas criações”, afirma o jornalista. “Porém, é possível que a competição aumente à medida que outros modelos, mais baratos, cheguem ao mercado”.

O Xoom foi o único a ter notas próximas das recebidas pelo iPad ou pelo iPad 2. O dispositivo da Motorola, o primeiro tablet com Android 3.0 (Honeycomb) a chegar às lojas, resistiu a 10,5 horas de uso ininterruptas e ganhou avaliação “excelente” por sua versatilidade, qualidade da tela e resposta aos comandos.

Já o Galaxy Tab – cuja bateria durou 7,5 horas – teve todos seus recursos julgados como muito bons, com exceção ao item “resposta aos comandos” que obteve “excelente”. A segunda geração do aparelho chega em junho, inclusive no Brasil.

Hegemonia
Embora novos competidores tenham surgido para desafiar a Apple, a empresa de Steve Jobs continua em uma posição confortável. Em pesquisa do instituto ChangeWave, revelado no mês passado, 27% dos consumidores entrevistados disseram ter planos de comprar um tablet, sendo que 82% afirmaram que o iPad é a primeira opção. O Xoom, o Galaxy Tab e o BlackBerry PlayBook – que será lançado ainda este mês – tiveram índices inferiores a 5%.

Segundo outro instituto, o IDC, o dispositivo da Apple foi responsável por 83% das vendas de tablets em 2010. Quanto ao mercado corporativo, das empresas que pretendem adquirir aparelhos do tipo este ano, 78% disseram que o iPad é a prioridade, de acordo com o ChangeWave.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail