Home > Notícias

Segundo Dotcom, só 0.001% dos 50 milhões de arquivos no Mega são ilegais

Segundo o fundador, serviço derruba diariamente 50 arquivos por violação de copyright - um número pequeno, se comparado com os 450 mil do Google

Da Redação

01/02/2013 às 16h28

Foto:

O novo site de compartilhamento de arquivos de Kim Dotcom foi lançado há apenas duas semanas, mas já apresenta números surpreendentes.

Com algumas horas de vida, o Mega já tinha milhões de usuários cadastrados e, nesta quinta-feira (31/1), Dotcom afirmou que o site já era responsável pelo armazenamento de cerca de 50 milhões de arquivos. No entanto, uma porcentagem mínima de 0.001% foi retirada do ar, por infringir direitos autorais.

tuite-mega_435

"Massive non-infringing use!" (Algo como uso massivo e sem infrações, em tradução), disse o fundador do site via Twitter. Dotcom ainda afirmou em outra mensagem que o site tem cerca de 50 arquivos derrubados por dia por violação de direitos autorais - e deu a entender que esse número seria nada, em comparação aos 450 mil do Google.

Infrações
No mesmo dia em que Dotcom comemorava sua batalha para manter o site longe de problemas - e evitar o que aconteceu com o Megaupload, foi divulgado que o site já havia recebido 150 notificações por violações de direitos autorais. O conteúdo já foi excluído, segundo o advogado do Mega,  Ira P. Rothken."O Mega não quer que pessoas usem seus serviços de armazenamento em nuvem com propósitos de violação", disse via e-mail.

O fundador do site ainda está sob acusação pelo Ministério Público dos Estados Unidos por conta do Megaupload, encerrado em janeiro de 2012.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail