Home > Notícias

Segundo IDC, Brasil já superou 16,2 milhões de conexões de banda larga

Pesquisa realizada para a Cisco revela que conexões de 2 Mbps ou melhores já são maioria no País

Redação do IDG Now!

13/12/2010 às 15h26

Foto:

O Brasil fechou o primeiro semestre de 2010 com 16,2 milhões de conexões de banda larga, o que representa um aumento de 18,1% em relação ao mesmo período de 2009. O número é do 14.º Barômetro Cisco da Banda Larga, realizado sob encomenda pelo IDC e divulgado nesta segunda-feira (13/12).

Para o Barômetro Cisco, banda larga é qualquer conexão permanente com
velocidade igual ou superior a 128 Kbps.As tecnologias de banda larga
incluem cabo, ADSL, xDSL, WLL, LMDS, MMDS, Wi-Max, satélite e linhas
dedicadas.

O total de conexões de banda larga fixa ao fim do primeiro semestre
de 2010 chegou a cerca de 12,3 milhões. As conexões ADSL cresceram mais
que as via cabo: foram 8,4 milhões de conexões ADSL, ante 3,6 milhões
via cabo. Os assinantes móveis de banda larga totalizam aproximadamente
3,9 milhões.

Segundo o relatório, o crescimento apresentado no primeiro semestre de 2010 foi impulsionado pela maior presença de PCs em residências, além das novas opções de pacotes econômicos de banda larga.

O Barômetro Cisco aponta que a velocidade média das conexões de banda larga no Brasil aumentou no primeiro semestre de 2010 em relação ao segundo semestre de 2009. O segmento na faixa de mais de 2 Mbps, que era de 18,5%, passou para 36,5% das conexões.

A segunda faixa mais popular é a que tem velocidades entre 1 Mbps e 1,99 Mbps - 26,7% das conexões caem nessa faixa. As velocidades mais baixas, entre 512 e 999 Kbps, representavam ao fim do primeiro semestre 11,2% das conexões - no semestre anterior, eram 26,6% do total.

Em termos de penetração da banda larga, o Nordeste é a região menos
servida pela tecnologia, que chega a apenas 1,46% da população. Na
região Norte, a penetração é de 3,75%; no Centro-Oeste, 6,97%, no
Sudeste 7,43%  e, no Sul, 8,27%. A média brasileira é 6,45%.

Levando-se em conta a banda larga móvel, a penetração de conexões por
100 habitantes chegou a 8,49% no Brasil. No Estado de São Paulo, onde
está a maior parte das conexões de banda larga (41,3%), esse índice
atingiu 13,98%.

O acesso via redes de celular continua em ascensão, porém de forma menos acelerada, ressalta o relatório. O aumento registrado em junho de 2010 foi de 10,6%; em dezembro de 2009, esse aumento havia sido de 46%.

A pesquisa foi feita com base em entrevistas com os principais provedores de acesso à Internet, analistas do setor e estatísticas oficiais.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail