Home > Notícias

Segundo IDC, ultraportáteis dominaram o mercado em 2010

Vendas do modelo tiveram acréscimo de 63,1% no ano passado; este ano, expectativa é de estabilização, com crescimento esperado de 35,2%.

Redação da Computerworld

14/01/2011 às 16h04

Foto:

Análise da consultoria IDC afirma que, apesar de 2009 ter sido pautado pela crise internacional, o mercado de PCs na América Latina não observou queda na comercialização de unidades em relação ao ano anterior, “graças aos preços competitivos dos computadores ultraportáteis”, avalia Daniel Zegarra Sáenz, Associate Analyst Central Research Group Latin America da IDC.

Foi registrado, de 2009 para 2010, aumento de 33,3% nas vendas de notebooks, enquanto que para os ultraportáteis o acréscimo foi de 63,1%. A consultoria afirma ainda que 2010 foi de recuperação e revitalização dos projetos de tecnologia em empresas privadas e projetos de educação para escolas públicas.

Mobilidade em alta
Os desktops, de acordo com projeções de Sáenz, terão um mercado estável e devem gerar demanda com os modelos "All-In-On". Já os portáteis, ganham cada vez mais espaço e têm preços bastante competitivos.

As expectativas da IDC são de que 2011 seja um ano de estabilizar as tendências. O aumento esperado na venda ultraportáteis é de 35,2% e de notebooks, mais modesto, com 16,4%.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail