Home > Notícias

Segundo MFP, um em cada cinco celulares em uso no Brasil é pirata

Ministério Público Federal quer obrigar operadoras a bloquear uso dos aparelhos ilegais, que tiveram crescimento de 67% em um ano.

Redação do IDG Now!

14/02/2011 às 10h11

Foto:

Os celulares piratas vindos da China já respondem por
20% dos aparelhos em uso no Brasil, informou nesta segunda-feira (14/2) o
jornal Folha de S.Paulo. Segundo o jornal, o percentual - estimado pela Agência
Nacional de Telecomunicações e pelas operadoras móveis – é 67% maior que o de
2010. Na época, 12% dos celulares eram considerados piratas, ou clandestinos.

Para coibir o uso desses aparelhos, o Ministério Público
Federal de Guarulhos (SP) prepara uma ação civil que obrigaria as operadoras móveis
a bloqueá-los, com base no número IMEI (sigla em inglês para identidade
internacional do equipamento móvel) que o identifica.

Os números IMEI não foram criados para servir como medida de
segurança e sim para identificar os aparelhos. No entanto, os roubos de
celulares têm levado fabricantes e operadoras a usá-lo como tal.

No Brasil, medidas para permitir o bloqueio de um celular
roubado por meio do número IMEI têm sido avaliadas pelo Ministério da Justiça e
pela Anatel.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail