Home > Notícias

Segundo o Wall Street Jurnal, Nokia busca um novo CEO

Mudança de gestão é vista por analisas como saída para reverter declínio em participação de mercado e estagnação dos lucros.

IDG News Service/Seattle

19/07/2010 às 23h59

Foto:

Ao mesmo tempo que se esforça para se manter competitiva frente a rivais mais novos e inovadores, a Nokia, maior fabricante de celulares do planeta, procura por um novo CEO, segundo noticiou na segunda-feira (19/7) o Wall Street Journal.

Embora ainda seja a fabricante número um do planeta em celulares, a Nokia tem perdido mercado no dinâmico segmento de smartphones. Um relatório de março da Canalys atribuiu à empresa uma fatia de 39% em smartphones. Em relação ao ano anterior - 41% -, o resultado evidenciou uma queda, causada principalmente pela concorrência de empresas como Apple e Google. Como consequência, alguns analistas sugeriram que uma mudança de liderança poderia ajudar a reverter o declínio da participação de mercado e a estagnação nos lucros da gigante finlandesa.

Em junho, a Nokia advertiu que seu balanço do segundo semestre, a ser divulgado na quinta-feira (22/7), traria números menores que o esperado. Ela culpou a competição nos estratos mais altos do mercado, uma mudança no mix de produtos com foco em aparelhos de menores margens de lucro, e a desvalorização do euro.

Olli-Pekka Kallasvuo, presidente e CEO, está na Nokia desde 1980, quando ingressou como conselheiro, de acordo com a biografia divulgada pelo site da companhia. Ollila era tão admirado que algumas pessoas chegaram a propor sua candidatura à presidência da Finlândia.

A Nokia não quis comentar a notícia. O Wall Street Journal teve como base fontes que não quiseram se identificar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail