Home > Notícias

Segundo pesquisa, Banda Larga na América Latina é a mais cara no mundo

Preço médio por megabit supera até o cobrado na África e no Oriente Médio. Hong Kong lidera lista das conexões mais baratas.

Redação do IDG Now!

30/11/2010 às 16h36

Foto:

A América Latina tem a banda larga mais cara do mundo, em média, para os serviços via cabo e DSL, aponta pesquisa elaborada pela empresa de análise de mercado Point Topic.

Segundo o relatório "Broadband Tariff Benchmark 2010", o preço médio por megabit cobrado na região para conexões DSL supera 22 dólares. É mais caro que o cobrado no Oriente Médio e Africa (20 dólares).

Os preços foram calculados com base em uma fórmula de paridade de poder de compra da Organização das Nações Unidas. O estudo envolveu dados enviados por operadoras de 70 países. Os planos de banda larga variaram de 150 Kbps a 1 Gbps.

A banda larga mais barata do mundo é encontrada em Hong Kong: 0,028 dólar por Megabit. Em seguida vêm Japão (US$ 0,048/Mbps), Romênia (US$ 0,163), Suécia (US$ 0,182), Letônia (US$ 0,241) e china (US$ 0,247).

Já a lista dos dez piores preços de banda larga é encabeçada por Peru (US$ 209,29 por Megabit no plano Speedy 500 da Telefónica del Peru), África do Sul (US$ 176,92), Quênia (US$ 145,38), Indonésia (US$ 104,48).

Outros representantes da América do Sul no ranking dos mais caros são a Bolívia (US$ 90,72), em quinto lugar, e Venezuela (US$ 63,24), em sétimo. A posição do Brasil no ranking não foi divulgada.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail