Home > Notícias

Segundo pesquisadores, Botnet “Pushdo” deve se fortalecer em breve

A rede de PCs zumbis estava entre as cinco principais do mundo e quase foi interrompida por pesquisadores na última semana.

IDG News Service

01/09/2010 às 9h33

Foto:

Recentemente, os pesquisadores da empresa de inteligência de segurança Last Line of Defense (LLOD) anunciaram que quase conseguiram paralisar a ação da famosa rede de PCs zumbis (botnet) Pushdo, responsável por uma quantidade significativa de spams na web.

No entanto, embora o efeito tenha sido positivo, em pouco tempo a botnet deve voltar a atacar como antes, de acordo com a companhia de segurança M86 Security.

"Os níveis de spam caíram. Mas os efeitos positivos devem durar apenas duas ou três semanas. Em breve, os spammers encontrarão outros provedores de hospedagem e novamente serão capazes de colocar o sistema em funcionamento", declarou Ed Rowley, gerente de produto da M86 Security. 

A Pushdo, também conhecida como Cutwail, está entre as cinco principais do mundo. "Somente ela é responsável por mais de 10% de todos os spams", disse Rowley.  Ela tem a capacidade de gerar aleatoriamente nomes de domínios. Se esses domínios são registrados e ativados, os controladores de botnets pode enviar novas instruções para as máquinas hackeadas.

"De qualquer maneira, os spams voltarão a crescer em um futuro próximo", enfatizou Rowley.

Os pesquisadores da LLOD identificaram 30 servidores, em oito provedores de acesso diferentes, que eram utilizados como suporte a rede Pushdo. Ao todo, 20 servidores foram contatados e tirados do ar, de acordo com o blog da empresa. 

Segundo o post, a ação só não foi completa porque alguns provedores de acesso não responderam as solicitações.

Spams, frequentemente, trazem anuncios aos computadores infectados, oferecendo softwares falsificados, produtos farmacêuticos e entre outros.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail