Home > Notícias

Seis coisas que a Apple precisa fazer agora

Perguntamos ao colunista Andy Ihnatko o que ele sugere para a Apple modificar nos seus produtos num futuro próximo. Veja a lista.

Andy Ihnatko, Macworld/EUA

25/01/2009 às 21h42

Foto:

Nota do editor: a Apple fez do Mac uma das suas principais linhas de negócios nos últimos 25 anos, mas quem disse que ela não precisa de ajuda para pensar na plataforma para o próximo quarto de século? Perguntamos ao colunista Andy Ihnatko do que a Apple precisa e ele fez uma lista rápida:

1) Repensar o Finder

O Finder foi o máximo de inovação na navegação gráfica entre arquivos de sistema no começo dos anos 80, mas, veja bem, seus cabelos começam a cair. Apple, você teve mais de 20 anos pra evoluir o Finder. Então, por que não agora?

2) Não me diga que não consegue ejetar a mídia
Então me diga que maldito arquivo está em uso por qual aplicativo! Ou pelo menos, me dê um nome, endereço e marque uma reunião para que eu possa dar uns tapas na cara do engenheiro do Mac OS X responsável por isso, por pelo menos 40 minutos.

>>>Conheça o Apple II e outros projetos da Apple
>>>Veja anúncios históricos da Apple
>>>Quatro ícones do Mac
>>>10 Macs incríveis


3) Corrija o Back to My Mac

Esse recurso é tão legal e útil para ser pouco confiável. Na hora que começar a funcionar como a Apple promete, compartilhar telas, bibliotecas do iTunes e diversos outros recursos vão ficar exponencialmente mais legais e úteis também.

4) Faça o iTunes aprender a ler
Posso usar produtos da Apple para ouvir música, ver fotos e assistir programas de TV e filmes. Então, qual o problema da Apple com a leitura de livros eletrônicos? Diversos aplicativos de terceiros para Mac e iPhone já provaram que dá para fazer isso. Então, por que não consigo sincronizar e ler documentos do meu desktop no iPhone ou iPod como faço com vídeo e música? E por que a Apple não vende material de leitura na iTunes store: livros, quadrinhos, textos acadêmicos. Faça isso direito, Apple, e quem sabe as pessoas paguem 500 dólares num leitor de e-books seu.

5) Traga de volta produtos licenciados com a sua marca

Prometemos não fazer vídeos com bonequinhos “I’m a Mac” e “I’m a PC”, tá bom?

6) Dê uma alma ao Mac mini e à Apple TV (uma para cada, por favor)

A Apple se destaca porque, quando lança um novo produto, cria um argumento enfático e agressivo que te convence que falta um espaço no seu coração para o [insira o nome do produto] e você nem sabia. Mas a companhia nunca fez isso para o Mac mini ou para a Apple TV. Vamos lá, Apple: se você acredita nesses dois produtos, faça um bom upgrade neles do jeito que você sabe bem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail