Home > Dicas

Seis dicas para fazer e-mail marketing sem cometer erros

O e-mail pode ajudar na divulgação de produtos e serviços, mas um passo em falso pode por tudo a perder. Saiba o que fazer.

Redação da PC World

05/09/2008 às 11h22

email_escravo_150.jpg
Foto:

email_escravo_150O uso de mala direta via correio tradicional foi usada por muitos anos como meio de fazer chegar a um grande número de potenciais clientes campanhas publicitárias. Se foram bem sucedidas no início, deixaram de funcionar a partir do momento que a caixa de correio das pessoas começaram a ficar entupidas com dezenas de folhetos oferecendo todo tipo de produtos e serviços sem qualquer critério.

O resultado é que na quase totalidade das vezes, numa espécie de anti-spam manual, os destinatários simplesmente pegavam essa correspondência e jogavam foram sem que sequer fossem abertas.

Com a internet aconteceu exatamente a mesma coisa, só que em um ritmo muito mais intenso e em volumes que beiram o caos - afinal o custo de quem envia tais campanhas, denominadas e-mail marketing, é praticamente zero.

Leia também: ddd
> Brasil já é o 4o maior no envio de spam
> Primeio spam no mundo circulou há 30 anos
> Envio de spam pode gerar multa de 200 reais por mensagem
> 22 dicas para você não se tornar escravo do e-mail

O resultado disso é que o número de spam não pára de crescer e a indústria de software vem fazendo um trabalho cada vez mais sério para tentar impedir que e-mails publicitários de qualquer tipo cheguem às caixas de correio eletrônico dos internautas.

Para melhorar as chances de sucesso de uma determinada campanha de e-mail marketing que sua empresa resolva fazer, é preciso que alguns princípios sejam seguidos. Na maior parte dos casos, o bom senso ajuda, mas não é suficiente. Para ajudá-lo nessa batalha, PC WORLD compilou seis dicas que podem contribuir positivamente nessa empreitada. Vamos a elas.

Faça: Crie um título inteligente que não pareça com um anúncio. As pessoas costumam abrir e-mails que possuam um cabeçalho simples, direto e inovador. Portanto, esqueça do “Conheça o melhor qualquer-coisa-do-mundo”.

Faça: Use formatação HTML em vez de Plain Text. Uma newsletter bem desenhada ou uma mensagem contendo fotos de ajudarão a disseminar sua mensagem. Mas assegure-se de que a mensagem não fique pesada demais.

++++
Faça: Monte a mensagem tendo em mente o painel de leitura prévia do e-mail. Os elementos principais devem caber dentro de uma área de até 600 por 400 pixels. Usuários têm preguiça de usar o scroll para ler e-mails.

Faça: Balanço da efetividade de suas mensagens. Muitas ferramentas gerenciadoras de listas traçam um ranking, com números de assinantes que pediram para retirá-los e respostas através do clique. Trace objetivos e crie formas de medir as ações para checar sua eficácia.

Evite: Use um checador de spam para ver se seu e-mail passará por filtros comuns. Muitos serviços de mailing possuem esse checador e os websites www.lyris.com e www.sitesell.com oferecem ferramentas similares e gratuitas. Saiba que um número enorme de boas idéias não chegam ao destinatário porque os programas de e-mail simplesmente as bloqueiam.

Evite: Não use imagens de fundo na mensagem ou Java Script. Dependendo do cliente de e-mail que se utiliza, como o Outlook 2007, as imagens não serão exibidas.

Evite: Não se esqueça de incluir um link para cancelamento do recebimento e para a política de privacidade de sua empresa. E assegure-se de que esse link funcione e de que solicitações de exclusão sejam atendidas – mesmo!

Evite: Lembre-se que alguns programas de e-mail não abrem diretamente as imagens incluídas no texto. Forneça legenda para todos os gráficos e tenha certeza de que sua mensagem dá o recado mesmo sem a imagem. E nunca – mas nunca mesmo envie arquivos anexados, qualquer que seja seu tamanho.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail