Home > Notícias

Seis em cada dez empresas vão cortar orçamentos em tecnologia em 2009

Gartner refaz previsão do fim de 2008 e avalia que total dos investimentos deve sofrer um decréscimo de 3,7% este ano.

Tatiana Americano, da CIO Brasil

05/06/2009 às 12h07

Foto:

Por conta dos desdobramentos da crise financeira internacional, a consultoria Gartner refez a pesquisa global - que tinha sido inicialmente divulgada em dezembro do ano passado - sobre as prioridades dos Chief Information Officers (CIOs) para 2009. De acordo com Ione Coco, vice-presidente do Gartner para América Latina, o principal objetivo foi analisar as projeções relacionadas aos orçamentos de TI.

Uma das principais conclusões do estudo, consolidado em maio deste ano, é que os CIOs estão menos otimistas do que no final do ano passado. "Quando fizemos a primeira coleta de dados (em dezembro), 40% dos executivos esperavam uma redução nos orçamentos para este ano", conta Ione. "Mas, na versão revisada, esse número passou para 62%", complementa a especialista.

Ainda segundo ela, em relação aos CIOs que projetam manter o budget (orçamento) de 2009 igual ao do último ano, o volume passou de 26% - na previsão do final de 2008 - para 16%. E, por consequência, só 22% dos executivos mantiveram as expectativas de aumentar o orçamento deste ano, contra um índice de 34% na primeira versão do levantamento.

Outro dado pouco animador do recente estudo, ressalta Ione, diz respeito aos valores que devem ser investidos pelas empresas em tecnologia da informação neste ano. "Se somarmos todos os orçamentos e dividirmos pelo número de companhias consultadas, vemos que, em média, esse total vai sofrer um decréscimo de 3,7% neste ano, se comparado a 2008", afirma a vice-presidente. Ainda segundo ela, na versão do estudo divulgada em dezembro passado previa-se a manutenção do valor.

"Essa queda dos investimentos totais em tecnologia não é terrível se pensarmos que em 2008, o crescimento foi de 3,3%", analisa Ione, que acrescenta: "Isso que indica que vamos, praticamente, nos equiparar aos valores de 2007", observa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail