Home > Dicas

Seis novas dicas para o uso eficiente do Dock

Depois de conferir nosso artigo para personalizar essa barra, veja, agora, como explorar ao máximo o potencial que esse recurso oferece

Macworld/EUA

10/03/2010 às 13h10

Foto:

A barra Dock do Mac OS X está lá para facilitar a vida de quem trabalha no Mac. Ela funciona como um atalho para determinados softwares e documentos. Mas você está aproveitando tudo o que ela pode oferecer? Depois do artigo publicado por Macworld Brasil com cinco dicas para personalizar o Dock (que teve alto índice de acesso de nosso leitores, o que motivou uma nova reportagem) conheça agora novas dicas para tornar essa barra ainda mais eficiente.

1. Adicione o que você precisa
O Dock é composto por duas sessões: uma para softwares e outra para arquivos, pastas e lixo. Se o seu Dock está na parte inferior da tela, você vai encontrar aplicativos na esquerda do separador (linha tracejada). Alguns ícones no Dock são permanentes, como o Finder, por exemplo. Clique sobre um ícone para ter acesso rápido ao programa, ou então arraste um arquivo para um ícone para que o mesmo seja aberto.

Qualquer aplicativo pode ser arrastado de uma janela do Finder para o Dock a fim de se criar um atalho na barra. Para remover algum deles, basta arrastá-lo para fora.

Você também verá ícones no Dock para todos programas que forem abertos (eles aparecem com um ponto luminoso, abaixo). Estes ícones desaparecem quando o programa é fechado. Se você quiser mantê-lo na barra, mesmo após ser fechado, clique e segure sobre o ícone e pressione a tecla Option. Escolha a opção Manter no Dock para fixar o ícone na barra.

No outro lado do Dock estão arquivos, pastas e o lixo. Aproveite este recurso para obter acesso rápido aos arquivos que você mais usa. Arraste um arquivo ou pasta para o canto direito (ou inferior) da sessão do Dock.

2. Acesso rápido para pastas
Para facilitar o acesso aos arquivos dentro de uma pasta, basta arrastá-la para a barra Dock. Estando lá, você pode ver uma lista de opções com ações, bem como seus arquivos e subpastas. Por padrão, no Snow Leopard, a pasta mostra seu conteúdo no formato pilha, porém isso pode ser alterado para modo grade, mostrando seu conteúdo como ícones em uma janela flutuante.

146966-home_folder_188.jpg

Navegue pelas subpastas sem precisar abrir o Finder

Você também pode dar um Control-Clique sobre o ícone da pasta e escolher Exibir Conteúdo em Lista. O conteúdo da pasta vai aparecer como um listagem, em um menu flutuante. Note que as subpastas agora possuem setas para a direita de seus nomes (veja imagem). Ao apontar o mouse sobre uma delas, seu conteúdo será expandido para navegação hierárquica.

3. Guarde e abra URLs
O Dock também é capaz de armazenar links para páginas na Internet. Os ícones serão representados por um símbolo arroba (@). Para adicionar uma URL no seu Dock, primeiro abra a página da Internet em seu navegador, selecione o ícone ao lado da URL na barra de endereços, e arraste-o para o Dock. Agora, essas páginas poderão ser acessadas com um único clique.

4. Use o Dock para ativar o Exposé
Clique e segure o botão do mouse em um ícone do Dock. Veja que a janela do programa a qual pertence o ícone será destacada com um fundo escuro (Exposé). Agora, quando você liberar o botão do mouse, a janela não vai embora. Clique em um outro ícone do Dock para ver as janelas de outro aplicativo, e assim por diante. Dessa forma, você pode visualizar as janelas de todos os seus programas ativos e escolher qual usar, clicando sobre ele.

146966-dock_expose_586.jpg

Mantenha o mouse pressionado sobre algum ícone da barra Dock e escolha qual janela usar por meio do Exposé

5. Atalho para Preferências do Sistema
Quer mudar o papel de parede do computador ou ajustar as configurações de energia? É fácil saltar para esses painéis de configuração do Preferências do Sistema com o Dock. Lique e segure sobre o ícone do Preferências do Sistema para ver a lista de painéis. Escolha qual você deseja usar que o painel será aberto instantaneamente.

6. Acesso às opções do programa
Se você clicar sobre algum programa em execução com a tecla Control pressionada, verá uma série de opções úteis no menu que irá aparecer. Por exemplo, se você der um Control+Clique no ícone do iTunes quando o programa estiver em execução, será possível escolher as opções Play, Pause, Next, Previous e algumas outras funções. Tente o mesmo com outros programas para descobrir o verdadeiro potencial da barra Dock.

146966-itunes_dock_386.jpg

Várias opções podem ser acessadas pelo Control-Clique no Dock como, por exemplo, executar e pausar uma música no iTunes

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail