Home > Notícias

Sem garantias, Intel libera overclocking de processadores

Empresa não trava mais os chips para a execução de overclocking, mas os novos chipsets 4-series não garantem danos com ação.

IDG News Service/Cingapura

04/06/2008 às 10h20

Foto:

Embora a Intel ofereça as ferramentas necessárias para os usuários extraírem desempenho extra de seus sistemas por meio de um overclocking dos chipsets da nova linha 4 Series, a empresa não dará garantia ao chip caso ocorra um acidente.

No passado, a Intel travava seus chips para impedir overclocking. Agora, este é o principal recurso da linha 4 Series da Intel, afirmou o vice-presidente e gerente geral do Graphics Development Group, Eric Mentzer, durante a feira Computex 2008.

> Fotos: Veja os lançamentos da Computex

“Trabalhamos muito tempo com nossas parcerias para placas-mãe para ajudá-los a extrair o máximo destas plataformas”, disse.

Hoje, os ‘overclockers’ são vistos como um importante segmento de mercado, ao invés de encrenqueiros. “Eles são importantes para nós porque também são usuários que definem um ‘tom’ para classificar o que consideram um bom chipset”, explica Mentzer.

Mas apoiar estes usuários não significa que a garantia dos chips da Intel cobrirá estragos feitos com overclocking. A Intel submeteu os chips a um processo de testes e garante a segurança nos nívels testados - não além disso.

“Quando fazemos isto, é lógico que há uma grande margem. Sabemos que você pode obter um desempenho melhor com ovreclocking, mas você está rompendo as margens que escolhemos para o produto. E claro, não podemos apoiar isto porque teríamos que testar o nível de performance obtido”, diz Mentzer.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail