Home > Notícias

Sem novo iPhone, Apple perde mercado e vê Android dominar com 80%

Apple aumenta vendas, mas perde participação no mercado e vê distância para rival aumentar no trimestre, segundo IDC.

Da Redação

08/08/2013 às 11h14

iphone5_43501.jpg
Foto:

A Apple pode ter superado as expectativas dos analistas quanto às suas vendas no último trimestre, mas a fatia da empresa entre os principais sistemas para smartphones caiu em comparação ao mesmo período do ano passado, abrindo espaço para o rival Android alcançar quase 80% e aumentar sua vantagem. As informações são da consultoria IDC.

De acordo com levantamento feito pela empresa, os fabricantes de smartphones enviaram um total de 236,4 milhões de aparelhos desse tipo no segundo trimestre de 2013, aumento significativo de 51,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram enviados 156,2 milhões de unidades. Em comparação com o primeiro trimestre de 2013, os envios dos últimos três meses apresentaram crescimento de 9,3%.

Os aparelhos com sistema Android, do Google, foram responsáveis por 187,4 milhões dos envios de smartphones no segundo trimestre, número que corresponde a 79,3% do total, segundo a IDC. A plataforma registrou aumento de 73,5% no total de unidades vendidas na comparação ano a ano.

Em segundo lugar, cada vez mais distante do Android, a Apple registrou o envio de 31,2 milhões de iPhones no último trimestre, número 20% maior do que os 26 milhões registrados no mesmo período de 2012, mas não o suficiente para evitar uma queda da participação da empresa nesse mercado, que desceu de 16,6% para 13,2%.

“O declínio do iOS no segundo trimestre se alinha com o ciclo do iPhone. Sem um novo produto desde há chegada do iPhone 5 há quase um ano, a fatia da Apple no mercado estava vulnerável aos lançamentos de fabricantes rivais”, afirma o gerente de pesquisas da IDC, Ramon Llamas.

Completam o ranking o Windows Phone, com 8,7 milhões de aparelhos enviados, crescimento significativo em relação a 2012, e 3,7% do mercado; BlackBerry, com 6,8 milhões de aparelhos enviados e 2,9%, números menores do que os registrados no mesmo período do ano pasado. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail