Home > Notícias

Será que o Adobe Flash matou os smartbooks?

Este categoria emergente de aparelhos pode ter sido vítima de atrasos da Adobe e um maior interesse em tablets similares ao iPad

Daniel Ionescu

06/05/2010 às 13h27

Foto:

SAN FRANCISCO (05/06/2010) - Você está se perguntando porque os smartbooks ainda não apareceram no mercado? A tecnologia Flash, da Adobe, e tablets como o iPad podem ser os culpados pelo interesse reduzido nesta categoria emergente de produtos, disse Ian Drew, gerente de marketing da ARM, segundo relato da ZDNet.

Smartbooks, basicamente híbridos entre notebooks e smartphones rodando sistemas operacionais leves (geralmente projetados para smartphones) deveriam ter chego ao mercado no final de 2009. Mas já estamos quase na metade de 2010 e ainda não há sinal deles.

Empresas como a Lenovo e a HP anunciaram smartbooks para este ano, aparelhos equipados com processadores ARM de baixo consumo. Mas de acordo com Ian Drew, da ARM, as promessas ainda não se concretizaram devido a atrasos na otimização do Flash para estes aparelhos, entre outras coisas.

Drew disse que smartbooks já deveriam estar no mercado, mas entretanto a Adobe não realizou a integração de sua tecnologia Flash ao software das máquinas a tempo, algo que é crucial para esta nova categoria de aparelhos porque eles são focados na internet.

Outro fator que atrasou a estréia dos smartbooks é o iPad e o advento de produtos similares, diz Drew. Estes aparelhos desviaram a atenção dos fabricantes em smartbooks equipados com processadores ARM. E como a arquitetura ARM não é compatível com os aplicativos já em uso em PCs com processadores Intel, o conceito de smartbooks baseados em Linux não está fazendo sucesso, diz Drew.

A nova salva de críticas ao Flash não é fácil para a Adobe. A empresa acabou de passar por uma discussão pública com Steve Jobs, CEO da Apple, sobre a presença (ou ausência) do Flash em iPhones e iPads. 

Enquanto os smartbooks continuam no Limbo, smartphones Android deverão ganhar suporte completo a Flash em algum momento do segundo semestre deste ano. Tablets baseados no sistema operacional Android também fazem parte dos planos da Adobe: a empresa demonstrou nesta semana um misterioso tablet rodando vídeos em Flash e aplicativos escritos com o framework Adobe AIR.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail