Home > Dicas

Com “Labs”, empresas lançam software para testar novos recursos

Empresas como a Google, Microsoft e Reuters distribuem ferramentas que, embora consideradas experimentais, facilitam o dia-a-dia de seus usuários.

IDG News Service

13/07/2010 às 8h27

Foto:

A expressão "Labs" surgiu na Microsoft durante a década de 90. Naquela época, a companhia ofereceu uma série de ferramentas poderosas para o Windows, com recursos e funções que poderiam ter sido incluídas diretamente no sistema operacional, mas que por alguma razão não foram. Entre elas uma ferramenta chamada TweakUI, que acrescentou mais de 100 novos recursos ao sistema operacional e contribuiu para acelerar os menus, eliminar as pequenas setas dos ícones de atalho, entre muitas outras mudanças. 

No fundo, as empresas que produzem software têm uma grande tendência a criar mais aplicativos, recursos, add-ons e plug-ins, muitos deles relevantes. Mas por que é que as empresas não fazem isso? Simples, elas sabem que cada aplicativo e cada recurso terá que ser testado com todo o hardware e todos os softwares suportados, e elas temem que adicionando serviços "complexos", os iniciantes fiquem confusos. 

Por isso, a solução é colocar a ferramenta em uma página da web, adicionar uma advertência, como  "Use por sua conta risco", e afirmar que estas não são "legítimas" de fábrica, apenas "experiências" que não são apoiadas pela empresa. Embora, no geral, muitos produtos considerados como "para testes" sejam tão estáveis como aplicações originais. Em média, até mais. 

Empresas como a Google tem feito um ótimo trabalho ao promover a existência de recursos experimentais. No entanto, nem todas têm obtido o mesmo sucesso. É por isso que muitos aplicativos são subutilizados ou sub-apreciados na web.

Abaixo selecionamos alguns "Labs" em destaque:

Google Labs

A maioria das pessoas pelo menos ouviu falar do Google Labs. A companhia permite que os engenheiros gastem 20% do seu tempo de trabalho em desenvolvimento de projetos próprios, e muitos deles se tornam públicos e servem como uma espécie de "testes" para aplicativos e recursos que poderão, mais tarde, serem incorporados definitivamente.

Mas muito consumidores, principalmente no meio corporativo, ainda têm pouco conhecimento sobre esses "novos recursos", que muitas vezes podem melhorar o desempenho do computador, navegador, dispositivo móvel ou telefone. Muitos usuários, também, tendem a não ser conscientes desses recursos por diversas razões. Uma delas é a distorção do entendimento dos chamados "Labs". Para algumas empresas de software e consumidores, isso significa algo voltado para desenvolvedores e profissionais, o que não é o caso, necessariamente. Outros encaram o local como um espaço onde é possível encontrar novidades, testar conceitos, melhorar produtos e trazer novas capacidades.

Microsoft Office Concept Tests

O Microsoft Speed Launch é um aplicativo gratuito que permite que você inicie qualquer programa, site ou documento instantâneamente, usando qualquer palavra ou frase que escolher. Para achá-lo, visite Microsoft Office Concept Tests

O aplicativo Speed Lauch coloca um "sistema de busca" no seu desktop. Quando você quiser destacar algo para no futuro achá-lo rapidamente, basta arrastar e soltar no "sistema de busca", que da próxima vez ele encontrará o item apenas digitando seu nome. 

Por exemplo, digamos que você se depare com um vídeo engraçado do YouTube.  Se no futuro você quiser mostrar para alguém, basta arrastar a URL para o aplicativo e determinar um nome. Depois, tecle Windows + C e digite o nome. Pronto, o vídeo aparece.

Este é apenas um dos milhares de exemplos de aplicações que quase ninguém conhece, embora sejam gratuitos, interessantes e capazes de facilitar a interação do usuário.  A Microsoft oferece uma grande quantidade de ferramentas extras. Uma outra interessante é o plug-in do PowerPoint, chamado de pptPlex. Ele simplesmente faz um deck não-linear de slides do editor de apresentações. Você pode avançar e retroceder em qualquer slide. Se você é um usuário frequente do PowerPoint, você tem que experimentar o pptPlex.

Várias outras empresas de software têm grandes laboratórios similares. Se você usa algum aplicativo com freqüência, como, por exemplo, um da Adobe, procure o nome da empresa de software, juntamente com a palavra "Labs" para descobrir se eles têm alguma ferramenta livre que você não conhece.

Os competidores da Google oferecem muitas páginas de recursos em teste como bons aplicativos gratuitos, incluindo Mozilla Labs, Opera Labs e outros. E além das companhias de software, empresas de conteúdo também tem seus laboratórios com downloads interessantes, como por exemplo a Reuters.

 O “Labs” da Reuters trabalha com toda uma gama de recursos. O Reuters News Screener, por exemplo, mostra 120 notícias mais recentes postadas no site da agência. No aplicativo, o sistema de busca localiza um fato de acordo com as palavras digitadas, eliminando aquelas que não correspondem ao conteúdo procurado. Para ver um resumo, apenas passe o ponteiro do mouse sobre o título.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail