Home > Notícias

Serrana testa PCs com touchscreen em salas de aula do município

Cerca de 360 alunos da cidade usarão, a partir de abril, carteiras digitais com mobilidade de até 90 graus e tela sensível a toque.

Por Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

17/03/2008 às 12h08

Foto:

A cidade de Serrana, a cerca de 300 quilômetros da capital paulistana, está testando uma mistura de PC com tablet dentro da sala de aula com 360 alunos da 5ª série.

O projeto de carteiras digitais, batizado de Lap Tup-niquim, pretende equipar até abril as salas freqüentadas por 10 turmas das 5ª séries da Escola Municipal Maria Celina, assim como duas turmas atendidas pelo programa de alfabetização Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Também sobre tecnologia na educação:
> Os problemas das escolas públicas
> Como lidar com a cópia na web
> A nova função do professor
> Entrevista: o laptop de 100 dólares
> E-learning: a opinião de quem experimentou
> Governo promete informatizar escolas

Segundo Miguel João Neto, diretor de projetos e desenvolvimento econômico de Serrana, os equipamentos ofertados aos alunos contarão com três funções. Além da carteira normal, o tablet usa um tampo de vidro sensível a toque com 15 polegadas que funciona em até 90 graus e pode fazer as vezes de micro convencional, com mouse e teclado adaptados.

"Temos aí um (projeto) 3 em 1 - carteira, tablet e estação de trabalho que estarão à disposição, a qualquer instante, do processo educacional e nos propósitos da Linha de Apoio Pedagógico (LAP) do projeto", explica João Neto.

Parceria do governo municipal com as empresas ABINFO, GForte e Audoc, com apoio do Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS) e Centro de Pesquisa Renato Archer (CenPRA) do Ministério da Ciência e Tecnologia, o Lap Tup-niquim conta também com lousas digitais nas salas, instaladas desde janeiro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail