Home > Notícias

Serviço de música da Nokia enfrenta críticas antes do lançamento

Apesar de cobrar uma taxa única para os downloads de faixas, serviço de música apresenta diversas restrições aos usuários.

Macworld/Reino Unido

03/10/2008 às 11h58

Foto:

A Carphone Warehouse confirmou, nesta sexta-feira (03/10), os preços e detalhes de lançamento do serviço “Nokia Comes With Music”. A proposta, que parecia ser atrativa, já está sendo taxada como “fatalmente falha” por alguns concorrentes.

O Nokia Comes With Music oferece, por um ano, acesso ilimitado a todas as músicas e um celular pré-pago no valor de 129,95 libras (cerca de 238 dólares). O lançamento do serviço está previsto para 16 de outubro e o celular disponível é o 5310 XpressMusic.

O serviço permite download de faixas de músicas diretamente do computador, que podem ser transferidas para o celular. As músicas baixadas podem ser armazenadas no celular ou no PC - mas é nesse quesito que o problema começa.

Consumidores precisam registrar seus PCs e seus dispositivos do “Comes With Music” às suas contas antes que qualquer conteúdo possa ser baixado e o conteúdo só pode ser baixado ou sincronizado entre os dois dispositivos registrados na conta.

Uma vez que a assinatura anual do serviço é finalizada, consumidores podem armazenar todas as suas músicas - mas dois anos após este período de um ano, usuários serão capazes de armazenar o conteúdo nos seus atuais dispositivos/PC, mas não poderão transferi-los para outros computadores.

E, pelo fato da música ser protegida por DRM, os clientes não poderão queimar um CD ou armazená-lo em algum outro local - em outras palavras, a música não pertencerá a eles eternamente.

“Amantes da música  poderão agora aproveitar o acesso de milhões de música por uma tarifa única. Nós acreditamos que esse será o melhor serviço de música disponível e rompe completamente os modelos convencionais de compras de música online”, disse Andrew Harrison, CEO da Carphone Warehouse.

“O novo serviço da Nokia é um novo modelo para música digital interessante, mas a primeira vista parece fatalmente falho”, disse Bem Drury, CEO do serviço de música online 7digital, do Reino Unido.

“Porque o download de músicas tem um formato tão restritivo, quando você pode baixar a mesma música em um formato universal que pode ser executado e compartilhado por qualquer serviço de música? O MP3 é o único formato que trabalha em todos os dispositivos - downloads de MP3 são compatíeis com qualquer player de música, incluindo iPods, iPhones, Blackberries, Sony Walkmans e todos os outros”, acrescentou Drury.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail