Home > Notícias

Setor de eletrônicos pode levar até dois anos para se recuperar

Segundo estudo do Gartner, mercado de eletrônicos continua em queda e primeiros sinais de recuperação serão vistos no fim do ano

IDG News Service / Taiwan

06/04/2009 às 8h00

Foto:

Uma recuperação total do setor de produtos eletrônicos - que foi fortemente atingido pela crise mundial - pode levar até dois anos para acontecer, afirmou o Gartner, empresa especializada em pesquisas sobre o mercado de tecnologia. De acordo com Klaus Rinnen, analista da companhia, os primeiros sinais de recuperação poderão ser vistos no final deste ano.

Segundo Rinnen, muitas empresas ainda não chegaram ao “fundo do poço”. “O declínio na produção de computadores pessoais está soprando os primeiros sinais de esperança na indústria de eletrônicos”, escreveu o analista em um relatório.

Pelo raciocínio de Rinnen, as empresas desse segmento primeiro precisam registrar quedas expressivas em suas linhas de produção, para só então voltarem a registrar crescimento. “A maioria da indústria não registrará queda até o terceiro trimestre de 2009”, disse.

De acordo com o relatório, todos os setores do mercado de eletrônicos permanecem em queda, apesar de algumas boas notícias isoladas, como o crescimento nas vendas de smartphones da BlackBerry. “As empresas estão vendendo mais produtos, mas por preços mais baixos. Isso é bom para o usuário final, mas não para os lucros.”

O Gartner disse ainda que uma recuperação completa depende de uma recuperação econômica em nível global e da eficiência dos diferentes pacotes de estímulo adotados ao redor do mundo. De acordo com a “The Economist Intelligence Unit”, a recuperação mundial deve começar em 2010.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail