Home > Notícias

Sistemas open source recebem apoio do Departamento de Defesa dos EUA

Softwares de código aberto são tão importantes quanto softwares comerciais e devem ser considerados em decisões de compras.

IDG News Service

30/10/2009 às 14h56

Foto:

O Departamento de Defesa norte-americano afirmou sua posição em relação a softwares de código aberto, dizendo que a categoria open source é equivalente aos softwares comerciais em quase todos os casos e que deve, por lei, ser considerada pela agência na decisão de qualquer compra tecnológica.

O memorando, divulgado na quinta-feira (29/10), não foi uma declaração política, mas sim uma clarificação sobre o apoio ao uso de software open source (OSS) pela instituição.

O Departamento de Defesa afirmou que o OSS se encaixa na definição de “software de computador comercial” e que as agências executivas devem incluir essa categoria quando avaliar programas necessários para a corporação.

Entre as informações, a organização apontou uma lista de aspectos positivos do open source. Também foi feita uma distinção em relação aos softwares livres e software de código aberto, algo que já havia criado confusões anteriormente.

Desenvolvido na administração Obama, o memorando define OSS como “software que tem seu código fonte disponível para utilização, estudo, reutilização, modificação, melhora e redistribuição por parte dos usuários”.

Disputa
No mesmo dia, o Conselho da Cidade de Los Angeles decidiu, por votação, adotar o sistema de aplicativos da web Google Apps para substituir os serviços antigos de e-mail e internet do governo, da Microsoft. A decisão foi importante na disputa entre softwares de código aberto e comerciais, segundo um post em um blog da Microsoft.

O pacote Google Apps inclui os serviços Gmail, para e-mail, e Google Docs, pacote de softwares online de escritório. A maior parte dos dados de e-mail de Los Angeles será armazenada nos data centers do Google, ao invés de computadores e servidores locais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail