Home > Notícias

Site brasileiro permite testar aplicativos para iPhone

Similar ao Appolus, The IPA Bay oferece aplicativos “crackeados” para iPhone e iPod touch que usuários podem instalar de graça.

Redação do IDG Now!

07/04/2009 às 14h42

Foto:

Três brasileiros colocaram no ar no final da última semana o The IPA Bay, site de aplicativos “crackeados” para iPhone e iPod touch que permite que os programas sejam testados antes da compra.

Com logo que se refere ao buscador torrent The Pirate Bay, o serviço já conta com quase 90 aplicativos cadastrados e se assemelha ao Appulo.us, comunidade internacional onde aplicativos também podem ser baixados para testes.

Co-criador do The IPA Bay,o estudante Diego Trevisan afirma que o The IPA Bay é uma alternativa ao Appulo, já que o serviço "as vezes fica offline". Trevisan montou o site junto a Daniel Polidoro e Rafael Coelho.

Por meio de serviços como o brasileiro, o Appulo ou o The Monkey Balls, donos de iPhones e iPod touch podem baixar gratuitamente aplicativos em caráter de testes, embora, caso queiram, podem deixar os programas instalados sem pagar nada por isto.

A Apple já se mostrou contrária a iniciativas do tipo, já que serviços permitem que usuários tenham acesso a aplicativos sem pagar. Em novembro de 2008, advogados da companhia forçaram a retirada do ar do The Monkey Balls, que voltou à ativa com reformulações.

O serviço nasceu da crença que usuários possam testar os aplicativos para iPhone e iPod touch antes da comprar, para evitar que usuários percam dinheiro com programas que, na prática, não entregam o que prometem em suas descrições.

Apenas alguns dos aplicativos disponíveis na App Store, da Apple, oferecem versões com funcionalidades limitadas para que usuários chequem se o programa atende suas necessidades.

Até agora, o portfólio do site, disponível também em inglês para dá-lo apelo mais internacional, segundo Trevisan, conta com maioria esmagadora de games - 43 dos 88 aplicativos “crackeados” disponíveis são jogos.

Procurada, a Apple Brasil afirmou que não comenta o assunto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail