Home > Notícias

Site de músicas chinês recebe mais investimentos do Google

Analistas estranham medida, já que licença da empresa no país ainda não foi renovada.

IDG News Service/Beijing

07/07/2010 às 11h22

Foto:

Mesmo antes de saber se vai ou não poder renovar a licença
ICP na China, a Google aumentou o investimento no site de músicas top100.cn.

A mídia diz

A Google pode ter investido até um milhão de dólares na
operação conjunta com o jogador estrela do basquete chinês, Yao Ming, informa a
imprensa do país da grande muralha.

A Google diz

Porta-voz do Google para assuntos na Ásia, Jessica Powell
confirma a transação, mas emudece quando inquirida sobre o valor do
investimento.

Baidu.com

Parceira do Google desde 2007 o site top100.cn disponibiliza
música online para internautas chineses. Na concorrência com o TOP100 está o
Baidu.com. Este controla, aproximadamente, 64% do mercado de busca na China e é,
de longe,o  maior motivo de insônia para a Google.

Para combater a ameaça do Baidu, o Top100.cn oferece o
download gratuito de faixas baseado em um acordo com os expressivos selos e
estúdios.

Sem responder de imediato aos contatos realizados hoje
(07/7), o Top100.cn abriga uma biblioteca com mais de 1 milhão de títulos.

Análise e perplexidade

O diretor executivo do China Market Research Group, baseado
em Xangai, Sahun Rein, diz que, na perspectiva do Google ,o investimento faz todo
sentido: “é uma aproximação ao mercado de músicas legalizadas na web”, diz.

O que o deixou perplexo, foi a Top100.cn aceitar o
investimento face ao atual conflito entre a empresa de buscas e o governo
chinês.

“Acho que, no momento, existe uma tendência de fugir de
envolvimento com o Google na China,", declarou Rein. "É uma questão de não quere ficar feio com o
governo daqui”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail