Home > Notícias

Site promete acrescentar 300 seguidores por dia para “turbinar” perfis do Twitter

Serviço Follow-Train usa as contas de usuários para fazer propaganda e, apesar de dizer que não é preciso pagar, cobra 10 dólares por dia na opção VIP

Daniel dos Santos, Macworld Brasil

13/08/2009 às 15h24

Foto:






Se você é um usuário frequente do Twitter (popular serviço que une rede social e blog) já deve ter encontrado textos que estão mais para spam do que para post. São mensagens como “GET more than 300 twitter followers in a day - NO MONEY NEEDED” (tenha mais de 300 seguidores do Twitter por dia – não é necessário pagar).

Por trás da promessa acima está o serviço Follow Train. Segundo os termos do site, o visitante precisa inserir seu nome de usuário e senha do Twitter (procedimento arriscado, pois não se sabe exatamente com quem estamos lidando) para ter acesso a uma lista de “membros VIP”, que você deve seguir antes de poder pegar uma carona “nesse trem” de usuários do Twitter.  A idéia lembra aqueles esquemas de pirâmide, no qual é preciso acrescentar mais pessoas, que acrescentam outras e outras....

follow
Follow-Train: spam inserido automaticamente no perfil dos usuários

Para testar o funcionamento, criamos uma conta gratuita e entramos no site. A primeira coisa que ele fez foi usar o perfil criado para inserir um spam, divulgando seu serviço. Ou seja, ele passa a usar sua conta e senha do Twitter. Depois, é hora de seguir (clicar em follow) todos os membros VIP, que pagaram (mas não era de graça?) para poder estar entre os que devem ser incluídos por todos os participantes.

Surgem, então, os avisos para que você se torne um assinante VIP, o que permite, teoricamente, ter  mais seguidores e rapidamente. E quanto “vale o show”? Custa 10 dólares por um dia. Resolvemos ficar com a opção gratuita. Depois de seis horas de uso e tendo passado a seguir 112 pessoas, o perfil que criamos tinha apenas oito seguidores...

Saiba mais sobre polêmicas formas de multiplicar o número de seguidores do Twitter em Mano Menezes e a falsa popularidade no Twitter

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail